Conecte-se agora

Acre registra aumento de 139% nas certidões de óbito em março

Publicado

em

Há pouco mais de um ano a Covid-19 se espalhava pelo Acre no modo ´comunitário´, quando ninguém sabe quem pegou de quem –e o mês de março é marcado pela afirmação da tragédia que ceifou 1.399 vidas até este sábado (10/4).

Um ano depois do início da transmissão comunitária já é possível comparar os efeitos da pandemia em determinadas áreas -e uma, a do registro civil, traz a lembrança de quanto as pessoas sofrem atualmente.

No Acre, os casamentos, óbitos e nascimentos somaram um total de 2.288 registros em março de 2021 contra 1.709 em 2021.

As pessoas passaram a se casar mais, ocorreram mais nascimentos? Não e sim. Porém, os óbitos é que disparam entre um período e outro.

Em março de 2020 os cartórios do Acre registraram 339 certidões de óbito -número que no mesmo mês em 2021 salto para 810 registros emitidos.

Um aumento espantoso de 139%.

Os casamentos praticamente se mantiveram estáveis. Um bom período para se comparar se aumentam ou diminuem será maio, tradicional mês de noivados e uniões conjugais.

Em março de 2020 ocorreram 171 casamentos e em 2021, 175. Os nascimentos foram 1.199 registros em março/2020 contra 1.303 em março/21. Ao que parece, mesmo com pandemia os nascimentos estão em alta apesar do recorde mortes. Os dados são da Transparência do Registro Civil e foram compilados pelo ac24horas.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas