Menu

Gladson e Petecão se rebelam contra aumento de impostos do CPMF

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Apesar dos seus partidos fazerem parte da base do governo da presidente Dilma (PT) os senadores acreanos Gladson Cameli (PP) e Sérgio Petecão (PSD) vão se rebelar contra o aumento de impostos. Eles garantem que não votarão a favor da reimplantação da CPMF. Cameli foi mais incisivo e garantiu que o fato de haver indicações do seu partido, o PP, para cargos federais no Norte não o obriga a votar contra os brasileiros e acreanos. Petecão ironizou com o governador Tião Viana (PT) que teria pressionado o deputado federal Alan Rick (PRB) para votar a favor dos impostos. “Ele não teria a ousadia de pedir para que eu vote a favor do aumento dos impostos,” afirmou.


Assista ao debate em vídeo entre os senadores Gladson Cameli e Sérgio Petecão sobre o aumento de impostos com o CPMF.

Publicidade

video
play-sharp-fill


Um café deve resolver tudo
Encontrei nos corredores da Câmara Federal, em Brasília, com o deputado federal Alan Rick (PRB). Conversei sobre episódio em que foi convidado a se retirar da FPA por não querer votar a favor da CPMF. Ele disse que não tomara nenhuma decisão enquanto não se encontrar com o governador Tião Viana. A tendência é de toda a confusão se resolver entre um gole e outro de café.


Não vota
Apesar de tudo correr para uma solução política, Alan, garante que votará contra a CPMF. O clima do deputado e apresentador de TV é de quem já digeriu o “pito” dado pelo assessor do Governo, Carioca. O PRB tem cargos no atual Governo e não vai jogar isso fora por conta de uma “bronca”.


Interesses nacionais
Alan me disse que o diretório nacional do PRB estuda a possibilidade de sair da base governista em Brasília. Mas não acredito que rompam com a FPA. Mesmo que sejam “disciplinados” a cada mancada. O clima é de conciliação e aceitação.


Manda quem pode
O Carioca só cumpriu uma ordem e mandou um recado pela imprensa ao Alan Rick. Nem mesmo um telefonema ou um bate-papo. A maneira como a Casa Rosada agiu com o deputado do PRB mostra o prestígio que ele têm com o Governo.


Obedece quem tem juízo
Restou ao deputado e apresentador evangélico “engolir o sapo”. Mas tudo ficará por isso mesmo e o PRB continuará votando com o Governo na ALEAC, com a deputada Dra. Juliana. E sofrendo reprimendas quando Alan pisar na bola. Tudo abençoado pelos pastores que comandam o partido.


O todo poderoso
Mais uma vitória do Carioca. Mesmo sem ter nenhum voto o assessor político mostrou que manda mesmo no quintal da FPA. Aliás, Carioca e Alan nunca foram com a cara um do outro. Talvez pelas posições conservadoras de Alan.


Humilhado
Na minha avaliação a reconciliação de Alan com os cardeais da FPA é desmoralizante. O rapaz é eleito com votos populares, está diplomado e no exercício do mandato. Ter que baixar a cabeça para assessores é muito humilhante.


Outro candidato em Mâncio Lima
O vereador Manoel Medeiros (PMDB), que já foi presidente da Câmara Municipal de Mâncio Lima também quer ser candidato a prefeito, em 2016. Ele já colocou seu nome à disposição e pretende disputar a indicação do partido. Isete (PMDB) não está só nas suas intenções.


Candidatos em profusão
Os partidos discutem suas candidaturas para 2016. É natural que os pretendentes se apresentem. A democracia pressupõe o contraditório. Contanto que na hora que os candidatos forem escolhidos os preteridos os apoiem.Os partidos considerados “nanicos” da FPA estão dando trabalho. Não sabem “morrer” quietos no seus cantos. Além dos cargos que ocupam no Estado e na prefeitura de Rio Branco ainda querem espaço político. Isso já é demais. A FPA está organizada para que um único partido brilhe, o PT. Os outros são coadjuvantes sob a batuta do coordenador político Carioca. Quem quiser demais poderá ficar sem nada. Vamos ver mais uma grande pizza política nas próximas eleições com os “nanicos” balançando as bandeiras nas esquinas de Rio Branco e todos felizes para sempre, só que não!

Publicidade

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido