Conecte-se agora

A voz da foto

Publicado

em

Se nos tribunais o deputado estadual Roberto Duarte Filho é, como dizem, um bom advogado, na política ele é o campeão nacional de jogadas para galera e para manipular incautos e reféns de incertezas e de sofrimento.

Alguns devem lembrar que o atual parlamentar atuou como advogado dos milhares de “investidores” da Telexfre, ingênuos que depositaram suas economias e sonhos nos rendimentos astronômicos oferecidos pela pirâmide financeira do doutor de meia tigela Carlos Costa.

Não sei e nem me interessa saber se o nobre e jovem causídico recebia ou não honorários da multidão ludibriada. Mas é inegável que os milhares de incautos que depositavam a última esperança de reaver o dinheiro que não mais existia nos cofres do Telexfree se converteram em admiradores e eleitores que o ajudaram a ser um dos deputados mais votados em 2018.

O fato concreto é que, se alguém precisar de uma ação vitoriosa para fazer um chá milagroso, este vai morrer por falta dele.

Outros fatos que configuram jogo para a galera:

1- Roberto Duarte é autor de uma emenda à Constituição do Acre através da qual propõe a efetivação dos contratos provisórios do ISE em quadro efetivo e em extinção como policiais penais. Qualquer piá, para usar o palavreado gaúcho, que tenha frequentado a escola infantil Menino Jesus sabe que isso é flagrantemente inconstitucional. O grave é que a emenda não é de autoria de um cidadão analfabeto qualquer. Como já foi dito, Roberto Duarte é advogado.

2- Apaixonado politicamente pelo senador Márcio Bittar e ardoroso cabo eleitoral de Márcia Espinosa, Duarte buscou sair como vítima do MDB sob a alegação que o partido não havia formado chapas com candidatos competitivos para o que o mesmo fosse eleito deputado federal.

Detalhes desconhecidos pela maioria do povo acreano: Roberto Duarte era presidente da executiva municipal do partido e da importante Fundação Ulisses Guimarães. Eis, então, a pergunta: por que o parlamentar não arregimentou candidatos para o partido, posto que era presidente municipal da legenda? Seu principal papel era exatamente fortalecer os quadros do MDB.

3- Estamos atravessando um período delicadíssimo de comoção social em decorrência dos óbitos de crianças vitimadas por uma síndrome gripal grave, que se alastra no Acre e em quase todos os estados brasileiros. Um momento de dor e sofrimento para todos. As mães protestam alegando negligência no atendimento e deixam bem claro que não há motivação política e nem autorizam que políticos façam de suas dores palanque político.

Pois bem. Vejam a foto do site ac24horas no topo deste artigo.

Como falam, uma foto vale mais que mil palavras.

Durante uma manifestação realizada neste 20 de junho, na frente da Casa Civil do governo, um adesivo de propaganda do deputado Roberto Duarte aparece estampado no carro de som que ele cedeu ao movimento.

O que custava retirar ou encobrir temporariamente essa propaganda visual para que ninguém insinuasse ou duvidasse que o deputado quer tirar proveito político do sofrimento das famílias?

Não custaria nada e não daria margens para situações embaraçosas difíceis de explicar.

Aguardo sua resposta, meu caro amigo.


Luiz Calixto escreve todas às quartas-feiras no ac24horas.com

Luiz Calixto

A democracia e a revolta dos lambe-coturnos

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

O Belo Adormecido

Publicado

em

Continuar lendo

Luiz Calixto

O sucatão

Publicado

em

Continuar lendo

Luiz Calixto

Ingratos e furiosos

Publicado

em

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.