Conecte-se agora

Acre perdeu mais de R$ 17 milhões de arrecadação do ICMS sobre combustíveis

Publicado

em

O Acre apresentou uma arrecadação de ICMS, IPVA e ITCMD e Taxas de R$ 316 milhões nos dois primeiros meses de 2022. O Valor é 8,3% menor que o do mesmo período de 2021 (R$ 344,7,6 milhões). A queda nos dois primeiros meses de 2022 foi motivada pela redução R$ 24,6 milhões na arrecadação do ICMS que, apesar de já ter apresentado uma pequena queda em janeiro, caiu substancialmente em fevereiro (18,64%).  Os setores que mais contribuíram para a queda da arrecadação do ICMS no Acre foram: 1) o setor de Petróleo e combustíveis (queda de 22,2%), ocasionado pela política nacional de interferência nos estados, na cobrança do imposto, como tentativa de reduzir os custos dos combustíveis nas bombas e 2) o setor terciário, principalmente pela crise no comércio, com queda de 10,2%.

No artigo de hoje, vamos analisar as finanças estaduais no primeiro bimestre de 2022. O governo publicou no diário oficial do dia 30/3 o relatório resumido da execução orçamentária, referente ao primeiro bimestre de 2022. A publicação do referido relatório é em atendimento aos artigos 52 e 53, da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF). Vamos comparar os números do relatório de 2022 com os resultados do mesmo período de 2021. Saber como andam os números das finanças públicas neste início de ano eleitoral é fundamental.

Com um aumento de mais de R$ 182 milhões, as Receitas cresceram 13,3% em relação ao mesmo período de 2021

Podemos observar no gráfico acima que com uma previsão de receita atualizada em mais de R$ 7,85 bilhões para o ano, no primeiro bimestre, o estado realizou R$ 1,56 bilhão, correspondendo a quase 20% do programado. O resultado do bimestre foi 13,3% superior ao mesmo período do ano passado.

O Impacto no ICMS

Mesmo com a queda de arrecadação do ICMS em 11,5% (R$ 38,2 milhões), impactada pelos combustíveis; o IPVA e o FPE cresceram 69,5% e 28,7%, respectivamente, que fizeram com que as receitas realizadas em 2022 superassem aquela realizada em 2021. Some-se a isso, também, um saldo de exercícios anteriores, utilizado para créditos adicionais no valor de R$ 131,73 milhões que foi justificado pelo governo estadual, como sendo de origem de diversas fontes de recursos, oriundos de saldos remanescentes (superávits financeiros), de exercícios anteriores, como R$ 50 milhões do FUNDEB (38%) e R$ 46,9 milhões de recursos próprios (35%).

As Despesas subiram R$ 86 milhões, 10,5% em relação ao mesmo período de 2021

Como podemos observar. No gráfico abaixo, as despesas cresceram abaixo das receitas nos dois primeiros meses de 2022. Com efeito, o superavit no período também aumentou em relação ao mesmo bimestre de 202. O aumento foi de mais de R$ 93 milhões, atingindo um valor de R$ 628 milhões.

Caem as transferências aos Municípios e aumentam os desembolsos para os pagamentos de amortizações e juros da dívida

 Devido à queda de 11,2% na arrecadação do ICMS, as transferências constitucionais foram reduzidas em 3,7%. A queda só não foi maior devido ao aumento de 69,5% na arrecadação do IPVA. Como 50% desse imposto é transferido aos municípios, evitou-se que a queda nas transferências fosse ainda maior. Como a grande parte da nossa dívida é indexada ao dólar, e a alta valorização daquela moeda em relação ao real, embora a dívida estadual venha em tendência de queda.  Porém, nos dois primeiros meses do ano, observamos um aumento de 15,2% nos pagamentos de amortizações e encargos da dívida, um aumento de mais de R$ 9,2 milhões.

Estabilidade na despesa para cobrir o déficit previdenciário, mas é uma constante preocupação

Uma preocupação constante é o controle do déficit previdenciário. Em artigo publicado ontem, dia 04/04/2022, o articulista da Folha de São Paulo, Pablo Acosta, diz que os problemas previdenciários dos estados… “se originam com a grande onda de contratações de servidores após a promulgação da Constituição de 1988, e os generosos pacotes de benefícios concedidos aos servidores naquela época impactam, ainda hoje, a sustentabilidade fiscal e política dos governos estaduais”… (https://www1.folha.uol.com.br/colunas/pablo-acosta/2022/04/sustentabilidade-da-previdencia-dos-estados-ainda-e-um-desafio.shtml).

Embora com estabilidade de gasto em relação a 2021, a questão do déficit previdenciário deve ser uma questão de agenda dos governos durante, pelo menos, duas décadas, apontam estudos. Conforme Acosta, … a grande onda de contratações traduziu-se em uma grande onda de aposentadorias. Assim, a proporção de contribuintes para beneficiários diminuiu sensivelmente. O fenômeno prejudicou as finanças subnacionais, comprometendo a prestação de serviços e o investimento… O Acre iniciou o ano, com uma média/mês de R$ 36 milhões de desembolso para cobrir o déficit previdenciário.

Os investimentos são necessários

No primeiro bimestre de 2022 observamos um aumento na disponibilidade bruta de caixa de R$ 1.91 bilhão. Um aumento de 19,4% em relação ao mesmo período de 2021. Portanto, o estado tem uma boa disponibilidade de caixa que, embora não seja uma condição suficiente para a realização de investimentos públicos, mas é uma condição necessária.

 Voltamos a dizer que a opção de ampliar os investimentos do governo depende de desafios de ordem técnica e de natureza estratégica e política. Mas é fundamental que aconteçam, principalmente num momento econômico de inflação alta e desemprego ainda em níveis desconfortáveis. Embora com dotação inferior ao ano passado, mas a disponibilidade de R$ 661 milhões é muito significativa e importante para gerar um efeito multiplicador na nossa economia. No bimestre foram liquidados somente R$ 11,10 milhões, ou seja 1,2% do disponível. Mas é cedo para avaliar. Vamos esperar uma alavancagem nos investimentos.


Orlando Sabino escreve às quintas-feiras no ac24horas

Acre 01

Gladson “dialoga com calango” e arranca risos do público durante entrega de batalhão da PM

Publicado

em

Continuar lendo

Acre 01

Ex-deputado diz que Mesa Diretora da Aleac foi “negligente” ao permitir confusão

Publicado

em

Continuar lendo

Destaque 2

Gladson reafirma que assumirá o PP e diz que Mailza será presidente de honra

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Nova onda de frio deve chegar ao Acre na próxima semana, diz Friale

Publicado

em

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!