Conecte-se agora

A fé que me torna arrogante!

Publicado

em

Nós crentes vivemos de certezas: Que Deus nos dá proteção, segurança e salvação; nos cura das enfermidades na medida da nossa fé, e que existe vida eterna após a morte no paraíso com Ele.

Basta crer e seguir seu Filho Jesus Cristo.

Infelizmente a condição de salvos, ungidos e escolhidos de Deus nos torna arrogantes, prepotentes, insensíveis e, às vezes, até cruéis. Negamos o próprio Cristo que deve haver em cada um: a pura compaixão.

Ele mesmo se despojou de todo poder, glória, majestade, plenitude e honra para habitar entre nós. Humilhado, preso, torturado e morto em uma cruz como um malfeitor. (O Filho de Deus)

Por que nos tornamos tão arrogantes? Por que afrontamos as leis, as autoridades médicas (Lucas era médico), a ciência, as orientações do governo para proteger a nossa vida e de nossos semelhantes? É por que não tememos a morte? Vamos para o céu e outros não?

Que estranho amor é esse?

Aos seus seguidores Jesus ensinou humildade, compaixão, misericórdia e amor incondicional. “Para que outros possam viver, vale a pena morrer” (Paulo); “Se teu inimigo tiver sede dá-lhe de beber; fome, dá-lhe de comer” (Jesus); “Aprendam de mim porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para as vossas almas” (Jesus).

Talvez a resposta seja porque o poder de decisão política, a prosperidade material e a religião envenenaram nossos corações. Passamos a julgar quem é de Deus e quem não é; quem tem o direito de estar no nosso meio ou não. Passamos a odiar os que questionam nossas posições políticas, nossa fé e nosso Deus.

Recorremos às armas carnais, animais e diabólicas contra aqueles que discordam de nós politicamente. As armas deveriam ser espirituais, somos seres espirituais.

O nosso inimigo não é o vizinho da esquerda ou da direita, mas o orgulho que nos faz pensar que somos melhores do que ele, do que os outros. E nós, crentes, sabemos e conhecemos a história de onde se originou o pecado do orgulho.

…a minha fé tem que me fazer crer que sou como ovelha muda levada ao matadouro, foi assim com Ele, o Cristo, deveria ser com todos. Quanto mais alto o degrau da fé, mais humildes deveríamos ser. Quem sabe eu esteja errado, politicamente falando. Espiritualmente, não.

Coluna do Astério

Aumenta a pressão para que Jorge Viana dispute o governo

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Um dezembro diferente!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Leo de Brito diz que prefeitos não deixarão o PT

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Esquerda no Acre, o difícil recomeço!

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas