Menu

Bocalom faz política e é um candidato perigoso”, diz petista!

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Há três anos o prefeito Tião Bocalom (PROGRESSISTA), contra tudo e contra todos, saiu de menos de 4% na disputa pela prefeitura para a vitória derrotando nas urnas Minoru Kimpara (primeiro lugar) e a então prefeita Socorro Neri, apoiada pelo governador Gladson Cameli (PROGRESSISTA). Bocalom foi ajudado pelos senadores Mailza Assis, Sérgio Petecão (PSD) e pelo deputado estadual José Bestene, que viabilizaram seu nome dentro do partido.


Bocalom perdeu esses apoios, mas é o prefeito e, provavelmente, terá novos aliados como os senadores Márcio Bittar e Alan Rick, do União Brasil, além de deputados federais atrelados ao bolsonarismo. A dificuldade em conversar com Roberto Duarte e o próprio Alan gera uma grande expectativa no campo eleitoral. O Palácio RB quer segurar Alan tentando comprometê-lo com Alysson Bestene, mas a disputa pelo governo em 2026 é o fantasma do futuro que assombra o presente.


Por outro lado, Bocalom vem dando conta na gestão, apesar dos graves problemas da cidade com ruas esburacadas e bueiros entupidos. Ao mesmo tempo, realiza várias obras importantes. Terá cerca de R$ 200 milhões este ano para gastar com empresas locais através de um pacto de obras com a Fieac e Fecomércio. Como diz uma das maiores lideranças do PT no Acre que a COLUNA resguarda o nome: “O Bocalom resolveu fazer política e é um candidato muito perigoso. Achar que ele será derrotado por pesquisas é um erro”.


“O Gladson, o Alan, o Ulisses todos eram ligados ao PT e a nós, apoiaram o Lula e a Dilma; decidiram mudar de partido. Quer dizer que só o Marcus Alexandre não pode? Por mim ele nunca teria saído do PT”. (Jorge Viana, presidente da APEX, durante entrevista ao jornalista Adailson Oliveira, Gazeta Entrevista).


. Jorge Viana considera o discurso de que Marcus Alexandre foi para o MDB, mas é PT, a mais pura bobagem.


. Tem lá suas razões!


. No Acre vota-se em pessoas e não em partidos!


. Não só no Acre!


. O sistema político-eleitoral brasileiro favorece o culto à personalidade.


. Diga, Macunaíma…


. “Não gostar do Lula e da política do PT muitos têm razão, mas ser apaixonado pelo Bolsonaro e achar que ele é a salvação do país aí já é demais também”.


. E ser apaixonado pelo Lula, o que dizes?


. É simples:


. Não dá para comparar e medir a estatura e a envergadura política dos dois!


. Hummmm… enigmático!


. Não, claro como um dia de Sol.


. E sobre as pessoas que quebraram as sedes dos três poderes no 08/01 em Brasília?


. “Se eu juntar uns amigos que tenho no Taquari, Cidade do Povo e Belo Jardim invadirmos a Assembleia Legislativa, os Palácios da Justiça e do governo, o que a PM vai fazer com a gente? E a justiça?


. Acho que vocês vão levar uma mão de peia e passar uma temporada na cadeia para deixarem de ser burros.


. Mas a nossa motivação é combater o comunismo?


. Aí a pena vai ser de 17 anos com o agravante porque ninguém pode alegar que desconhecia a lei de não invadir prédios públicos para quebrar tudo por fanatismo político ou religioso.


. Mas, e se os invasores forem dos condomínios chiques da cidade?


. Todos são iguais perante a lei!


. E se…


. Chega! Você é Lula; o Zé, Bolsonaro e a Maria Ciro Gomes, o doido, e o Brasil é muito maior do que vocês.


. Você viu que o deputado federal Roberto Duarte (Republicanos) assinou requerimento de urgência para acabar com a obrigatoriedade de os pais vacinarem seus filhos contra a Covid-19?


. Nãããããããããoooooooooooooooo!


. Ele é da ala dos terraplanistas?


. Sei não!


. Foi por essas e outras que o Bolsonaro embarcou na balsa.


. Tem quem goste.


. Bom dia!