Conecte-se agora

“Quem imaginaria um cara do Acre estar aqui hoje”, diz Weverton após vitória do Palmeiras

Publicado

em

Foto: Facebook/Conmebol

Após a vitória do Palmeiras em cima do Santos neste sábado, 30, e a conquista da Copa Libertadores da América, o goleiro acreano Weverton Pereira, 33 anos, concedeu entrevista onde levantou mais uma vez a bandeira Acre, como costuma fazer em decisões importantes da carreira.

Para o atleta, o momento é de extrema alegria. Com ele, a bandeira do Acre preenchida com nomes de pessoas importantes de Weverton.

Nomes na bandeira. Já foi campeão olímpico. Glória eterna. “Carrego ela [a bandeira] desde a Olimpíada. Tem o nome das pessoas que amo, da minha mãe, que já morreu, meu irmão, sobrinhos, esposa. Estamos numa felicidade que não cabe em nós”, disse.

Para ele, comemorar é muito importante para valorizar o clube neste momento, mas com cuidado devido a pandemia de Covid-19. O “paredão do Palmeiras” não foi infectado com o vírus. “O Maracanã vai ficar eternizado em minha vida. Vou fazer uma tatuagem  do Rio 2016. Uma conquista dessa não se conquista todo dia”, comentou.

Por fim, o goleiro ressaltou sua origem. “Um cara que vem da Baixada da Sobral, do Acre, da periferia. Ninguém imaginaria estar aqui hoje  mas com fé em Deus é trabalho duro nós conseguimos”, finalizou.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas