Com a crise econômica alastrada no país, os gestores tentam se arrumar como podem para economizar recursos que garantam, ao menos, os serviços básicos à população. Em Sena Madureira, distante 145 km de Rio Branco, o prefeito José Raimundo de Souza da Silva decretou adoção de medidas administrativas para contenção de gastos. Entre essas medidas está a suspensão do pagamento de horas extras aos servidores e o horário corrido do funcionamento das repartições públicas, que passa a ser das 07h às 13h.

No decreto, as medidas são de fundamental importância para a adequação da nova realidade financeira e orçamentária do município já que as pequenas cidades dependem dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), no qual os dois apresentam queda significativa a cada mês.

Entre as medidas, que deve vigorar por 90 dias, estão a redução da frota e/ou diminuição do uso e insumo de veículos oficiais próprios ou locados; redução do consumo de energia elétrica, água, telefonia fixa, combustíveis; suspensão de novas seções de servidores que acarretem ônus ao município e as despesas com diárias de servidores somente serão efetivadas mediante a autorização do prefeito municipal.

Além dessas medidas básicas, os secretários municipais devem apresentar, no prazo d quinze dias, um plano para redução das despesas. O horário de funcionamento das repartições públicas municipais não será alterado para os serviços essenciais desenvolvidos pelas secretarias de Saúde e Educação.

Previous
Next
error: Este conteúdo é protegido.