Menu

Pesquisar
Close this search box.

Energia produzida em Rondônia vai abastecer três cidades da Bolívia

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

As cidades de Cobija (Pando), Guayaramerín (Beni), Riberalta (Beni) localizadas na Bolívia, país que faz fronteira com o Brasil via Rondônia, vão receber energia da Hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira. Isto será possível graças a um acordo assinado nesta semana entre a República Plurinacional da Bolívia e a República Federativa do Brasil.


Ao menos 250 famílias serão beneficiadas com o acordo assinado pelos dois governos. A medida foi acertada na visita do presidente Lula da Silva (PT) a Santa Cruz de La Sierra. O acordo prevê que o Brasil vai ofertar 750 megawatts. Em comparações técnicas, a expansão pode ser comparada a um consumo de uma cidade de dois milhões de habitantes.


Para a Bolívia, o valor econômico chega a US$ 69 milhões. “A partir de uma interligação ou duas interligações nestes dois pontos, o projeto irá beneficiar cerca de 250 famílias e irá, logicamente, permitir poupanças significativas de gás. Além disso, esses sistemas elétricos serão mais confiáveis, já que também estarão interligados com o Brasil”, explicou à TV Bolívia o Ministro de Energia da Bolívia, Franklin Molina.

Anúncios


Segundo o governo boliviano, a implementação desta medida “evitará que sejam utilizados anualmente cerca de 50 milhões de litros de gasóleo para a geração de energia elétrica”, gerando uma economia de cerca de US$ 69 milhões de dólares por ano.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido