Menu

Pesquisar
Close this search box.

De dentro de presídio, homem pede PIX e ameaça mulher no Pará

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A Polícia Civil do Pará identificou o homem que ameaçou e tentou extorquir uma mulher, pelas redes sociais, em Cametá, na região nordeste do Estado. Através de uma ligação pelo aplicativo Whatsapp, Daniel Costa da Silva exigia que a vítima transferisse a quantia de R$ 1 mil por PIX. O detalhe é que ele está preso em Igarassu (PE), onde responde a processo por homicídio.


As investigações sobre o caso começaram há quase três meses. A vítima não conhece o suspeito, mas atendeu a ligação que ele fez no dia 10 de abril de 2024, por volta das 23 horas.

Anúncios


Daniel teria acusado a mulher de tê-lo denunciado por tráfico de drogas e a ameaçou de morte caso não fizesse o pagamento do valor exigido. As ameaças também se estendiam à família da vítima.


O suspeito repassou o número do CPF dele como sendo a chave para que a vítima fizesse a transferência por PIX. O número do documento foi a peça-chave para que a polícia o identificasse e descobrisse que ele está num presídio no Estado de Pernambuco.


A equipe de investigação que atua no caso, no Pará, acionou a Polícia Civil de Pernambuco e repassou a ocorrência.


Segundo a Polícia Civil do Pará, na última segunda-feira (8), a polícia penal de Pernambuco revistou a cela onde Daniel Costa da Silva está preso e encontrou o telefone celular.


O suspeito teria confessado os golpes nas redes sociais, entre eles o que tentou aplicar contra a paraense.


Segundo o preso teria dito à polícia, estes golpes lhe rendiam entre seis a oito mil reais por dia. As vítimas são de vários estados brasileiros.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido