Menu

Pesquisar
Close this search box.

Governo tenta por fim a “fogo amigo” desmembrando Esportes da Educação

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O governo do Acre encaminhou a Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 9, um projeto de lei que desmembra a pasta de Esportes, sob o comando do secretário-adjunto Ney Amorim, da Secretaria de Educação, gerida pelo secretário Aberson Carvalho. Nos bastidores, o movimento do Palácio Rio Branco visa dar maior autonomia a Ney, criando uma pasta extraordinária.


A informação que circulava era que Aberson não dava a devida autonomia ao ex-deputado. A mesma situação ocorreu na época em que o ex-atleta campeão olímpico, Carlão, assumiu a pasta adjunta e reclama para o governador que era necessária uma secretaria específica para gerir o esporte. Na época, o pedido de Carlão não foi atendido, ele abandonou o cargo, que foi assumido por Ney Amorim.


A nova secretaria deve gerir e executar as atividades relacionadas às políticas e planos na área dos esportes. “O desmembramento permitirá um foco específico nas áreas de Educação, Cultura e Esportes, oferecendo uma gestão mais direcionada eficiente para cada setor, e a nova estrutura possibilitará uma gestão mais ágil e eficiente, com secretarias dedicadas exclusivamente a cada área, viabilizando uma resposta mais rápida às demandas da população e uma melhor utilização dos recursos públicos e, a partir da criação da Secretaria Extraordinária de Esportes, possibilitando a destinação de recursos e atenção exclusivos ao desenvolvimento do esporte no Estado do Acre”, diz trecho da mensagem governamental encaminhado a Mesa Diretora.

Anúncios


O governo destaca que a criação de mais uma pasta não vai gerar mais despesas e nem irá ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal. A proposta deve ser analisada nas comissões e votada nesta quarta-feira, 10, antes do recesso parlamentar.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido