Menu

Pesquisar
Close this search box.

Forças da segurança combatem crimes na fronteira

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Durante 10 dias, as forças de segurança estaduais e federais estarão integradas na “Operação Ágata”, que visa combater e prevenir crimes transfronteiriços e ambientais, como o garimpo ilegal, tráfico de drogas, armas e munições. Serão realizadas ações estratégicas que vão desde a vigilância do espaço aéreo até a patrulha e inspeção dos principais rios e estradas que dão acesso ao Brasil por meio do Amapá e do Norte do Pará.


A operação é coordenada pelo Ministério da Defesa e Justiça e está inserida ao Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, do Governo Federal, que prevê a cooperação técnica, de inteligência e de logística entre os órgãos envolvidos. O efetivo com mais de 600 agentes conta com homens da Polícia Militar do Amapá e Polícia Civil.

Anúncios



Em parceria com outras instituições, serão promovidas ações cívico-sociais na Zona Urbana e aldeias indígenas dos municípios de Amapá, Calçoene e Oiapoque. Na ocasião, serão realizadas atividades de prevenção e higiene bucal, atendimentos odontológicos e atendimentos médicos.


Durante os serviços, estarão envolvidos 12 acadêmicos dos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e odontologia da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e do Instituto Macapaense do Melhor Ensino Superior (Immes). Os discentes serão supervisionados por militares do quadro de saúde do Exército.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido