Menu

Pesquisar
Close this search box.

Comerciante brasileiro é pego com 200 quilos de carnes clandestinas em Cobija

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Segurança Alimentar (Senasag/Pando) apreendeu nesse fim de semana cerca de 200 quilos de carne suína no posto de controle da Ponte Internacional. Segundo a polícia, um comerciante brasileiro pretendia contrabandear o produto para a capital pandina, Cobija.


A carne suína que estava sendo contrabandeada para Cobija/Pando/Bolívia, em um veículo dirigido por um brasileiro, saía de uma colônia de Epitaciolândia e não cumpria as medidas sanitárias da Bolívia.

Anúncios


A destruição foi então realizada com pulverização de um produto químico, de cor (Azul), para evitar o seu consumo humano – Foto: Cedida

A apreensão quando um veículo com placa brasileira tentou entrar com o produto em condições insalubres em solo Pandino, transportando-o em sacos inadequados para transporte de alimentos, e sem os devidos cuidados de higienização.


A equipe da Senasag Pando, ao detectar o transporte ilegal do produto contrabandeado, procedeu ao confisco da totalidade da mercadoria, aproximadamente 200 quilos. A destruição foi então realizada com pulverização de um produto químico, de cor (Azul), para evitar o seu consumo.


Um relatório preliminar da Senasag Pandina indica que a pessoa envolvida no contrabando é reincidente. A carne suína e outros produtos são normalmente distribuídos aos frigoríficos do mercado público, onde são entregue aos vendedores ambulantes a preços mínimos.


Todas as apreensões são registradas em livro de registro da Senasag Pando, e os infratores são informados sobre as medidas sanitárias necessárias à importação legal de produtos alimentícios do lado Pandino-Cobija.


A Senasag Pando, enfatiza a importância de todos os produtos alimentares cumprirem as normas de saúde e segurança alimentar, para garantir a saúde da população. Recomendam aos consumidores adquirir produtos de qualidade que cumpram a cadeia de frio e as condições necessárias.


Com informações do Alto Acre


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido