Menu

Pesquisar
Close this search box.

Homem é preso suspeito de usufruir de benefícios sociais de idosas do Marajó

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Uma operação da Polícia Civil levou à prisão um homem que aplicava golpes em duas idosas para usufruir dos benefícios sociais das vítimas, em Belém.


A operação iniciou após o resgate de uma das vítimas em Cachoeira do Arari, arquipélago do Marajó, que vivia em condições desumanas. A Polícia apurou que a vítima não tinha acesso ao seu benefício social há anos.


Segundo os agentes, a idosa tinha direito à pensão por morte, mas só recebia os valores de forma esporádica e muito abaixo do total.
Com o investigado, foram encontrados um celular, cartões das idosas, documentos de identificação e previdenciários, e estima-se que ele tenha se apropriado de quase R$ 20 mil , por meio de empréstimos em nome das vítimas só este ano.

Anúncios


Segundo as investigações, a idosa encontrada em Cachoeira do Arari teve o seu primeiro contato com o homem em uma agência bancária, quando ele a abordou com promessa de ajuda.


O homem foi indiciado por apropriação de rendimentos de idosos, que configura crime previsto no Estatuto do Idoso, com pena de reclusão de um a quatro anos, além de multa.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido