Menu

Pesquisar
Close this search box.

Escolas de tempo integral do Acre recebem repasse de R$ 18,4 milhões

Foto: Mardilson Gomes/SEE
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Ministério da Educação (MEC) finalizou o repasse da segunda parcela do ciclo 2023-2024 do programa Escola em Tempo Integral para expansão de matrículas nas redes de ensino de todo o país.


O pagamento, que chegou ao montante de cerca de R $ 1,96 bilhões, é referente às matrículas efetivamente declaradas pelos entes federativos, que somam mais de 950 mil.


Para o Acre, os repasses chegam a R$ 11.896.337,32 para a rede estadual e R$ 6.517.771,26 para as redes municipais neste segundo repasse (somando mais de R$ 18 milhões). No total, considerando os dois repasses, o programa acreano já recebeu cerca de R$ 37 milhões.

Anúncios


Desde o lançamento do programa, foram investidos mais de R$ 4 bilhões nos 26 estados, no Distrito Federal e em 4.689 municípios. As matrículas declaradas atingiram 95% da meta estabelecida pelo MEC, que é de 1 milhão de novas vagas com jornada estendida e currículo voltado para o desenvolvimento integral das crianças, adolescentes e jovens. Esse número ainda pode crescer, pois o prazo de adesão ao programa para o Rio Grande do Sul foi ampliado devido ao desastre climático enfrentado pelo estado.


Além do pagamento do fomento, as ações de assistência técnica realizadas pela Pasta seguem em implementação. Até agosto, uma formação com mais de 9.500 gestores de secretarias estaduais e municipais de educação vai apoiá-los na implementação de suas políticas locais de educação integral.


“A Escola em Tempo Integral é uma estratégia para dar ao estudante uma escola mais completa, com jornada estendida e currículo voltado para o desenvolvimento integral. É, também, segurança para pais e mães, sabendo que seus filhos estão na escola todo o dia”, afirmou o Ministério da Educação.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido