Menu

Pesquisar
Close this search box.

Vini Jr. faz chover no deserto, seleção goleia o Paraguai e encaminha vaga

Imagem: Kevork Djansezian/Getty Images
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Brasil de Vini Jr fez chover no deserto de Las Vegas, goleou o Paraguai com muita autoridade por 4 a 1 e encaminhou a vaga às quartas de final da Copa América. O camisa 7, em uma noite infernal nos EUA, balançou as redes duas vezes, viu Savinho marcar e Paquetá fechar a conta em segunda tentativa de pênalti. O jogo ainda teve um golaço do paraguaio Alderete e expulsão de Cubas já com o resultado definido.


O resultado deixa a seleção comandada por Dorival Júnior na vice-liderança do Grupo D com 4 pontos conquistados, dois atrás da líder Colômbia. O Paraguai, por outro lado, segue zerado e está eliminado antecipadamente. A Costa Rica completa a chave e tem chance remota de classificação.


Os dois países voltam a jogar na noite de terça (2). O Brasil mede forças pelo topo do grupo com a classificada Colômbia, enquanto o eliminado Paraguai encara a ainda viva Costa Rica.

Anúncios


Como foi o jogo


O 1° tempo teve um Vini Jr infernizando a zaga adversária. Ele bailou, chutou e viu Paquetá perder um pênalti antes de abrir o placar em linda jogada coletiva. Savinho aumentou com uma dose de oportunismo, e o camisa 7 voltou a enlouquecer o Allegiant Stadium antes do intervalo.


Na etapa final, o Paraguai ensaiou uma reação com golaço, mas o Brasil voltou a controlar o ritmo e transformou a vitória em goleada em nova aparição de Paquetá, que converteu nova penalidade. O duelo ainda teve fortes divididas e expulsão do volante Cubas, da equipe de Daniel Garnero.


Gols e destaques


Vini Jr incendeia. O duelo começou com o camisa 7 em ritmo frenético: em menos de oito minutos, ele arrancou e partiu para cima dos paraguaios quatro vezes, infernizando uma linha defensiva que teve dificuldade para conter a velocidade do craque do Real Madrid.


Calma aí, juizão! Dorival Júnior protagonizou um momento curioso em um tiro de meta do Paraguai: a cobrança do goleiro Morígino caiu direto para o técnico brasileiro, que dominou a bola de letra. O lateral Danilo ensaiou bater o lateral rapidamente, mas o árbitro Piero Maza mandou esperar, caminhou até o comandante e deu uma bronca — sabe se lá por qual motivo. Dorival não entendeu e fez o gesto


Novela repetida e susto de são-paulino. O Brasil continuou martelando, mas viu a cena do duelo da Costa Rica, na segunda, se repetir: a seleção voltou a sofrer na hora de concluir as jogadas diante de um adversário cada vez mais fechado e sem pressa na construção. Em uma das investidas do Paraguai, Bobadilla, meio-campista do São Paulo, deu trabalho a Alisson em um chute que contou com desvio de Militão.


Paquetá perde pênalti. O gol ficou no quase, mais uma vez, com Paquetá, que acertou um chute que atingiu o braço de Cubas dentro da área. Na cobrança de pênalti, o camisa 8 ensaiou uma paradinha, não conseguiu enganar Morínigo e errou, por muito, o alvo.


Vini Jr desafoga. Depois da frustração, a seleção abriu o placar, finalmente, aos 34 minutos — e com brilho de Vini Jr. O camisa 7 iniciou o lance pela esquerda com uma tentativa de carretilha, tocou para Rodrygo e disparou. A bola ainda passou pelos pés de Bruno Guimarães e Paquetá antes de cair no craque, que limpou o goleiro já dentro da área e tocou para a rede: 1 a 0.


Mudanças de Dorival funcionam, e Brasil aumenta. O time pentacampeão voltou a marcar pouco tempo com participações de Wendell e Savinho, novidades da escalação de Dorival. O primeiro ultrapassou por dentro e tentou dominar passe de Paquetá, mas não conseguiu ficar com a posse e viu a bola sobrar para Rodrygo. O atacante limpou a jogada e forçou a defesa de Morígino. O problema é que, no rebote, Espinoza “entregou” o gol para Savinho ao tentar afastar: 2 a 0.


Trapalhada gera terceiro. Empolgados, os comandados de Dorival Júnior ainda tiveram tempo para mais um no último lance antes do intervalo. Paquetá lançou Rodrygo em profundidade, e Alderete, na tentativa de se livrar do camisa 10 já dentro da pequena área, chutou nos pés de Vini Jr, que ampliou com uma mistura de raça e sorte: 3 a 0.


Golaço paraguaio. O time de Daniel Garnero diminuiu o marcador nos primeiros lances do 2° tempo. Após cruzamento da direita, a zaga afastou e a bola caiu no peito do zagueiro Alderete, que dominou e, de perna esquerda, caprichou com um golaço no canto da meta de Alisson: 3 a 1.

Anúncios


Paquetá, agora sim, faz de pênalti. O camisa 8 teve nova chance para aumentar em penalidade — em nova mão da bola paraguaia. Paquetá chamou a responsabilidade após Rodrygo e Vini Jr ameaçarem pegar a bola e, desta vez, deslocou Morínigo com categoria: 4 a 1.


Olé e expulsão. Tranquilo com a vantagem, o Brasil passou a rodar a bola e viu a torcida gritar “olé” diante de um atordoado Paraguai, que usou e abusou das faltas. Resultado? Expulsão do volante Cubas, que deixou o pé em Douglas Luiz depois de uma dividida.


FICHA TÉCNICA


PARAGUAI 1×4 BRASIL
Data e horário: 28 de junho de 2024, às 22h (de Brasília)
Competição: 2ª rodada do Grupo D da Copa América
Local: Allegiant Stadium, em Las Vegas (EUA)
Árbitro: Piero Maza (CHI)
Assistentes: Claudio Urrutia (CHI) e Miguel Rocha (CHI)
VAR: Juan Lara (CHI)
Cartões amarelos: Balbuena, Caballero (PAR); Wendell, Paquetá, Vini Jr (BRA)
Cartões vermelhos: Cubas (PAR)
Público: 46.939
Gols: Vini Jr (BRA), aos 34 min do 1° tempo e aos 49 min do 1° tempo; Savinho (BRA), aos 42 min do 1° tempo; Alderete (PAR), aos 2 min do 2° tempo; Paquetá (BRA), aos 19 min do 2° tempo


PARAGUAI: Morínigo; Espinoza (Giménez), Alderete, Balbuena e Velázquez; Bobadilla (Caballero), Cubas, Villasanti, Enciso (Romero) e Almirón (Ramon Sosa); Arce (Bareiro). Técnico: Daniel Garnero


BRASIL: Alisson; Danilo, Militão (Gabriel Magalhães), Marquinhos e Wendell; João Gomes, Bruno Guimarães (Douglas Luiz) e Paquetá (Andreas Pereira); Savinho (Raphinha), Rodrygo (Endrick) e Vini Jr. Técnico: Dorival Júnior


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido