Menu

Pesquisar
Close this search box.

Justiça aceita denúncia e 7 viram réus por ocultar corpos de Bruno e Dom

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A Justiça Federal do Amazonas aceitou denúncia do Ministério Público Federal e tornou sete réus por suspeita de participarem da ocultação dos corpos de Bruno Pereira e Dom Philips no Vale do Javari, em Atalaia do Norte, em junho de 2022.


O juiz Lincoln Viguini aceitou a denúncia que aponta que Eliclei Costa de Oliveira, vulgo “Sirinha”, Otavio da Costa de Oliveira, vulgo “Guerão”,  Edivaldo da Costa de Oliveira e Amarildo de Freitas Oliveira, vulgo “Dedei”, destruíram e ocultaram os cadáveres das vítimas.

Anúncios


Além disso, Amarildo da Costa Oliveira, o “Pelado”, e Jefferson da Silva Lima, vulgo “Pelado da Dinha”, corromperam um menor de idade, sobrinho de Amarildo, para participar da ocultação dos corpos.


Francisco Conceição de Freitas, vulgo “Seu Chico”, prestou auxílio aos executores nas ocultações dos cadáveres das vítimas.
Dom e Bruno foram assassinados por Pelado, Pelado da Dinha e Oseney da Costa de Oliveira, que já respondem pelos homicídios em outro processo.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido