Menu

Pesquisar
Close this search box.

Acusado de homicídio na Paraiba é preso trabalhando em terceirizada do PS

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Uma ação da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) com a Polícia Civil do Estado da Paraíba resultou na prisão do acreano Luciano Leal da Costa Dias, de 31 anos, na manhã desta quinta-feira, 18. Ele é acusado de homicídio e ter atirado em um Agente de Polícia Civil e um Delegado no estado nordestino.


A prisão aconteceu no Pronto-Socorro de Rio Branco, enquanto trabalhava em uma empresa terceirizada que presta serviço para unidade hospitalar.

Anúncios


Segundo informações do Delegado Alcino, a prisão de Luciano foi resultado de uma investigação da Polícia Civil do Estado da Paraíba e Acre, que recebeu informações e conduziu o caso através da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa.


Luciano estava residindo em Patos, município da Paraíba-PB, quando se envolveu em um homicídio juntamente com seus comparsas, no ano de 2022.


Após o ocorrido, ele fugiu para a capital João Pessoa – PB e ficou foragido. Após alguns dias, a Polícia Civil buscou informações sobre o acusado e durante uma diligência para tentar prendê-lo, Luciano reagiu e atirou contra um Delegado e um Agente de Polícia Civil.


Durante ação, o criminoso conseguiu fugir e voltou para Rio Branco – AC, aonde mesmo com dois mandados de prisão em aberto, conseguiu emprego em uma empresa terceirizada e estava trabalhando dentro do Pronto-Socorro da capital.


Luciano foi preso e encaminhado à Delegacia onde está sob custódia e à disposição da Justiça. Dependendo da decisão do juiz plantonista, ele poderá ser transferido para o estado da Paraíba, de onde é foragido, para responder pelos crimes dos quais é acusado, homicídio, tráfico de drogas e roubo.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido