Menu

Pesquisar
Close this search box.

Em ligação telefônica, Gladson teria dito a Bocalom que não iria “para o lado de lá”

Foto: Whidy Melo/ac24horas
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom (PL) afirmou na manhã deste sábado (13) que recebeu uma ligação do governador Gladson Cameli (PP) para tratar das eleições municipais na capital. Ele disse que o chefe do Palácio Rio Branco o teria dito que estariam firmes no processo eleitoral.


“Foi uma ligação bem rápida. Disse ‘estamos firmes aí’ e que não vai para o lado de lá”, afirmou Bocalom. Perguntando sobre o que entendeu sobre ser “o lado de lá”, o prefeito disse que não sabe.

Anúncios


Apesar de Bocalom afirmar não saber do que se trata, Cameli deu a entender que não apoiaria Marcus para o prefeito, mas também não existe uma definição se apoiará a atual gestão de fato.


O governador Gladson Cameli busca uma alternativa viável para apresentar a Alysson Bestene (PP), pré-candidato a prefeitura de Rio Branco que tem o seu apoio, mas tem sido visto como nome que não dispara nas pesquisas, como os de Marcus Alexandre e Bocalom, que até então vem polarizando a disputa.


As duas alternativas mais claras do chefe do executivo são tentar se aliar com o pré-candidato do MDB, Marcus Alexandre, ou com o pré-candidato do PL, Tião Bocalom.


Nos bastidores, a informação que circula é que essa decisão deve se estender por pelo menos mais alguns meses, até o registro da candidatura.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido