Menu

Pesquisar
Close this search box.

Quase 59% dos médicos não têm especialização no Acre, 2º maior índice do Brasil

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Os dados da Demografia Médica 2024 publicados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) apresentam um panorama da profissão no país e mostram como Acre ainda precisa avançar, mesmo com a informação de que o número de médicos no Estado duplicou desde o ano de 2011.


Um dos índices que preocupa é o número de médicos sem especialização no Estado. O Acre é o segundo do país com o maior número de profissionais sem especialização. Dos 1.542 médicos registrados no Estado, 58,8%, ou seja, 907 profissionais não possuem nenhum tipo de especialização. Desempenho pior que o Acre só o Estado do Maranhão.

Anúncios


Já em relação ao número de médicos por mil habitantes, a situação também é preocupante. Nesse quesito, o Acre tem índices melhores do que alguns estados do Norte. Com uma média de 1,82 médico por cada grupo de mil habitantes, o Estado tem um percentual maior que Amazonas (1,62), Pará (1,39) e Amapá (1,52). Fora do Norte, o Acre supera apenas o Maranhão, que tem o pior índice do país, com 1,26 médico por cada mil habitantes.


Outro dado preocupante, que é sentido na pele por quem mora no interior, é a disparidade do número de médicos na Capital em relação aos demais municípios. Rio Branco, com 1.164 médicos, concentra 75% dos profissionais em todo Estado. Ocorre que a capital acreana tem apenas 44% da população acreana.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido