Menu

Imagem de São Sebastião resiste à inundação em Xapuri

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A decisão de não retirar a estátua de São Sebastião da praça que leva o mesmo nome antes da chegada das águas do Rio Acre na segunda maior enchente da história de Xapuri gerou reclamações de alguns católicos.


Alegando ser mais trabalhoso tirar e por novamente do que apenas restaurar a imagem, o padre Antônio Menezes, pároco da cidade, pediu ao Corpo de Bombeiros que o santo padroeiro fosse deixado no lugar.

Publicidade

“Pretexto para ele conversar com São Pedro e pedir que as chuvas parem”, brincou o sacerdote.


A enchente não retrocedeu antes de deixar a imagem completamente submersa. Contudo, com a vazante, ficou visível que não ocorreram danos à estrutura que representa o maior símbolo religioso de Xapuri.


Com pico de 17,09 metros, a enchente de 2024 é a segunda maior desde que se tem registro. Foram quase 10 mil pessoas atingidas e mais de uma centena de famílias desabrigadas e desalojadas.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido