Menu

Após meses na UTI, Beatriz retorna ao Acre e é recepcionada por amigos e familiares

FOTO: SÉRGIO VALE
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A pequena Beatriz Velloso, de 10 anos, filha do deputado federal licenciado, Eduardo Velloso (União) e da médica Rejane Velloso, desembarcou no Aeroporto Internacional de Rio Branco na manhã deste sábado, 24 e foi recebida com festa por familiares e amigos da escola.


O retorno ocorre após mais de um mês de uma intensa batalha pela vida. A menina foi diagnosticada com pneumonia na capital acreana no último dia 15 de janeiro, onde, em seguida, teve complicações no quadro e acabou transferida do Acre para Brasília via UTI aérea e, posteriormente, embarcou para a capital paulista.

Publicidade

Depois de 18 dias internada por conta da doença, Beatriz foi extubada no dia 4 de fevereiro, e seguiu em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), onde também teve alta do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, no último dia 19 de fevereiro.



O deputado federal licenciado, Eduardo Veloso, revelou, emocionado, que a situação enfrentada serviu para aproximar a família de Deus. “É tanto sofrimento que a gente não sabe nem como pedir, eram 15 dias que ela estava piorando direto, e, recebemos uma luz de Deus. Hoje tenho certeza que somos outra família e nunca deixamos de ter fé”, disse.


Mesmo após a alta, a garota continuou com a família em São Paulo, recebendo acompanhamento médico devido a uma lesão no pulmão esquerdo – oriundo da greve pneumonia. Ela foi avaliada pela equipe de fisioterapeuta da unidade de saúde duas vezes por dia e recebeu liberação para retornar ao Acre na última sexta-feira, 23.



A médica Rejane Velloso, também visivelmente emocionada, contou ao ac24horas que a batalha ainda não acabou. Segundo a mãe, Beatriz está com 60% da saúde recuperada e, de acordo com os médicos, só deverá retornar às aulas após um mês.


“É muito gratificante e a gente pode sentir a presença de Deus em todas as decisões que a gente teve que tomar. Temos que agradecer por todas as orações e todos envolvidos no tratamento. Ela [Beatriz] terá mais um mês de reabilitação e fisioterapia, onde deverá ficar em repouso sem poder ir à escola, nada de piscina e brincadeiras só se forem bem leve”, explicou a médica, dizendo que a menina perdeu quase 10 quilos devido ao problema de saúde.



Em meio à situação delicada da filha, o casal não perdeu a fé e fez pedidos de orações a favor da filha desde a internação. A atitude gerou o apoio de amigos, parentes e de diversas pessoas da sociedade acreana que aderiram ao apelo da família em prol de Beatriz.


Segurando um terço desde a saída da aeronave, Beatriz Veloso, ainda debilitada, demonstrou felicidade ao ver amigos e familiares. “Estou feliz”, afirmou, sendo abraçada, na sequência, por coleguinhas de sua classe.

Publicidade


Recepção calorosa no aeroporto

Com cartazes de carinho, dezenas de crianças recepcionaram Beatriz com dizeres de “seja bem-vinda” e “te amamos”. O filho do governador Gladson Cameli e Ana Paula Cameli, Guilherme Cameli, também estava no saguão do aeroporto com o cartaz “seja bem-vinda Bia” e, na oportunidade, disse que espera que a colega possa estar quanto antes na sala de aula. “Eu gosto muito dela, não sei explicar, espero que ela possa estar conosco o mais rápido possível”, comentou.


Na saída do aeroporto, a menina recebeu uma telemensagem com cânticos evangélicos – onde, mais uma vez, emocionou a todos os presentes. Uma coleguinha de Beatriz contou que Bia é um milagre de Deus. “É uma sensação muito boa, estávamos com saudade dela”, ressaltou.



INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido