Menu

Deputada Socorro Neri: Um mandato sem radicalismo

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Até aqui, o maior destaque na bancada federal acreana na Câmara Federal, é a deputado Socorro Neri (PP). Socorro faz um mandato fugindo dos temas levantados pela extrema-direita e pela extrema-esquerda, e cumpre muito bem o papel de centralismo democrático. Optou pela defesa da tese do desenvolvimento sustentável. Tem passado longe dos radicais raivosos. E isso, lhe coloca como uma parlamentar democrata, na essência da palavra. Na política, todo radicalismo leva ao abismo, mais cedo ou mais tarde. Socorro Neri (PP) é um nome preparado para voar mais alto na política, em outras eleições que virão. Acertou cedo o caminho das pedras, foi uma boa prefeita da capital, e se firma como uma grata surpresa no parlamento federal.


A BRIGA DO TICO E DO TECO
Bobagem, radicalismo, infantilidade, também, na política, tem limite. Um dos argumentos para o pedido de impeachment do Lula (nasceu morto), e que ao comparar Gaza com o Holocausto, coloca o país em perigo de entrar em guerra. Essa turma tem dois neurônios, o Tico e o Teco, e quando eles brigam, termina nisso….


MOTE QUE NÃO PEGOU
O Marcus Alexandre vestiu a camisa e é figura ativa no MDB. O mote de que saiu do PT e entrou no MDB para disfarçar, não conseguiu pegar vento.


É DO MESMO TIME
Não há porque criticar o prefeito Tião Bocalom por ir com seus próprios recursos, participar do ato a favor do ex-presidente Bolsonaro, mesmo sendo uma bobagem, que não vai tornar o ex-presidente elegível. É mais um ato de choro de carpideiras. Se o Bocalom quer chorar junto, deixe o velhinho chorar, ora, pois!


CHAPA FORTE
Quem vem com uma chapa forte para disputar vagas na Câmara Municipal de Rio Branco é o SOLIDARIEDADE. O deputado Afonso Fernandes (PL), é um craque na montagem de chapas.


PAGAR PARA VER
Tenho conversado com políticos e lideranças sem mandatos de Sena Madureira, e nenhum deles crê que a candidatura a prefeito do deputado federal Gerlen Diniz (PP) é para valer.


CONSELHEIRO POLÍTICO
O empresário Marcelo Moura é visto como um dos principais conselheiros políticos da candidatura do prefeito Bocalom. Embora tenha negado querer participar da chapa, é visto pelo pessoal do Bocalom como o vice ideal. Mas isso vai ficar no sonho.


NÃO SACUDIU
Quando o ativista político Artur Liborino foi nomeado para o gabinete da vice-governadora Mailza Assis, esperava-se que desse uma sacudida política no projeto dela de ser governadora. Até aqui não mudou nada. Sem mídia, continua a ser candidata dela mesmo. Seu grupo limita-se a alguns pastores evangélicos.


FIM DA EXPECTATIVA
Acabou a expectativa que com a decisão do STF, pudesse acontecer mexidas na bancada de deputados federais do estado. Com isso, praticamente, confirma-se a candidatura da médica Jéssica Sales (MDB) a prefeita de Cruzeiro do Sul.


DE ONDE NÃO DEVIA TER SAÍDO
A deputada Michelle Melo (PDT) voltou a exercer um mandato independente, postura que tinha deixado para ser líder do governo. O seu maior erro político foi ter aceitado ser líder do governo do Gladson.


OUTRO ERRO FATAL
O outro erro político que a Michelle cometeu foi achar que sendo líder do governo, teria um papel de protagonismo no Palácio Rio Branco. Não teve. Foi triturada pela tropa de choque do governo e saiu humilhada.


SEGUNDO PLANO
O ex-prefeito Vando Torquato queixa-se que não se filiou ao MDB, por o partido ter como prioridade apenas as candidaturas a prefeito de Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Vai disputar a prefeitura de Tarauacá pelo PSD do senador Sérgio Petecão.


PERDEU PARA O NORMANDO
O senador Sérgio Petecão (PSD), em termos de prestígio político junto ao governador Gladson Cameli, é zero multiplicado por 100. Até o Normando Sales conseguiu ser nomeado para a SEGOV, e o Petecão não teve força para nomear nenhum dos seus.


NÃO SE TOCOU NÃO?
Será que o senador Sérgio Petecão(PSD) ainda não se tocou que existe uma forte resistência dentro do grupo do Gladson, contra ele entrar na aliança de apoio da candidatura do Alysson Bestene (PP) a prefeito? Te toca, Petecão! Tapioca oferecida não tem preço na política.


FALTA CARISMA
Uma chapa formada por Alysson Bestene (PP) para a prefeito de Rio Branco, tendo o professor Minoru Kinpara (PSDB) de vice, seria uma composição de pessoas preparadas, sem nódoas jurídicas, mas falta neles o principal para uma campanha majoritária, o carisma e a simpatia política. Mercadoria escassa em ambos.


GRANDE PROTAGONISTA
O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) continua sendo o grande protagonista dentro da oposição, nos debates na ALEAC. É quem sempre puxa os temas polêmicos, que dão calor ao plenário da casa legislativa.


O ZORRO E O SARGENTO GARCIA
Nas histórias em quadrinhos, tem o Sargento Garcia do exército mexicano, que passa a vida tentando prender o Zorro, personagem que luta pelos mais fracos, e nunca consegue. No dia que o Sargento Garcia prender o Zorro, nesse dia os nossos deputados federais e senadores vão conseguir baixar o preço das passagens aéreas para o Acre e do Acre para outras capitais.


SEM CHANCE DE FICAR FORA
Perguntei ontem a uma importante figura do PT, se o Jorge Viana ficará fora do processo eleitoral de 2026. A resposta foi enfática: “Jamais, será candidato a senador”.


PÉSSIMO SINAL
Conversando ontem com amigos que são advogados militantes, sobre a negativa do STJ de liberar os bens do governador Gladson, todos foram unânimes em afirmar que foi um péssimo sinal, para quando for julgada a peça principal da Ptolomeu.


BRANCAS NUVENS
Alguns deputados foram uma única vez. Outros, duas ou três vezes ocupar a tribuna da ALEAC. Vão cumprindo seus mandatos em brancas nuvens, e se não comparecessem nas sessões, isso nem seria notado.


FRASE MARCANTE
“O fracasso é a oportunidade de se começar de novo inteligentemente”. Henry Ford.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.