Menu

Rio Acre segue enchendo em Assis Brasil e inunda centro de Iñapari, no lado peruano

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Na região da tríplice fronteira (Brasil, Bolívia e Peru), o Rio Acre ultrapassou a cota de transbordamento, que é de 12,40 metros, por volta do meio-dia desta quinta-feira, 22. Às 17h30, o nível chegou a 12,56 metros.


Com o nível das águas, áreas nas cidades de Assis Brasil, no Acre, e Iñapari, no departamento peruano de Madre de Dios, além do povoado boliviano de Bolpebra, no departamento boliviano de Pando.

Publicidade

Vídeo que circula na internet mostra parte da região central da cidade peruana tomada pelas águas. Foi exatamente de Iñapari que partiu o primeiro alerta de que uma enchente estava chegando, por meio do Centro de Operações de Emergência Regional do Departamento de Madre de Deus, na manhã dessa última quarta-feira, 21.


Até a última informação prestada pela Defesa Civil em Assis Brasil sobre pessoas atingidas, havia 85 famílias que foram obrigadas a deixar suas casas, um total de 232 pessoas. Dessas, 57 famílias foram levadas para a escola Maria Ferreira e para o Ginásio Sidney Nascimento e 28 famílias procuraram as casas de parentes, um total de 82 pessoas.


Diante da situação, as cidades acreanas de Brasiléia e Epitaciolândia, onde as águas colocaram em ação os seus planos de contingência e já começaram a fazer a retirada de famílias dos locais mais baixos.


Na manhã desta quinta-feira, uma reunião realizada no gabinete do prefeito Sérgio Lopes traçou um plano para retirada de famílias, principalmente do bairro Beira Rio, um dos locais mais propensos a alagações. No fim da tarde desta quinta, as réguas de medição de Epitaciolândia marcaram 9,57 metros. A cota de alerta na cidade é 9,80 metros e a de transbordo 11,40 metros.


Em Brasiléia, a Defesa Civil e equipes da prefeitura também atuam nas ações de enfrentamento à enchente. Na tarde desta quinta-feira, 22, reunião foi realizada com o fim de detalhar medidas a serem tomadas no enfrentamento da situação.


Em Xapuri, a situação é de atenção, com o nível do rio acima da casa dos 10 metros e ainda em elevação. Na cidade, a cota de alerta é de 12,50 metros e a de transbordamento de 13,40 metros. A Defesa Civil continua monitorando a situação no município.


VEJA VÍDEO:


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido