Menu

Iapen diz que vai apurar caso de tiro em militar do Exército em Cruzeiro do Sul

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Por meio de Nota, o Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN), se manifestou sobre o tiro dado por um Policial Penal em Jardson Souza Ferreira, 23 anos, que é cabo do Exército, durante confusão nesta quarta-feira, 21, em Cruzeiro do Sul. O desentendimento resultou no disparo de arma de fogo e envolveu dois Policiais Penais e o militar.


Na Nota, o Instituto diz que “um homem foi levado para o hospital de Cruzeiro do Sul, após ter sido atingido por um Policial Penal com um disparo de arma de fogo ao reagir à prisão”. Não cita o motivo da tentativa do policial prender Jardson.

Publicidade

Ainda segundo o comunicado, as investigações serão conduzidas pela Polícia Civil e um procedimento administrativo será aberto pelo IAPEN para apurar se houve algum desvio de conduta por parte dos policiais.


Não há menção sobre ameaça que tenha sido feita por nenhuma das partes, nem sobre armas encontradas no local.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido