Menu

Quatro municípios acreanos não têm mapeamento para prevenção de desastres

Foto: em bairros baixos de Tarauacá, quintais estão alagados I Defesa Civil Municipal/divulgação
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Ministério de Minas e Energia (MME), divulgou recentemente que realizará, por meio do Serviço Geológico do Brasil (SGB), empresa pública vinculada à pasta, entre os dias 19 de fevereiro a 9 de março, um mapeamento em 10 municípios brasileiros. O objetivo é levantar informações que ajudem a subsidiar ações de monitoramento e alerta de desastres, de planejamento urbano e de gestão territorial.


As equipes do SGB realizarão os trabalhos de campo em cidades de Alagoas (AL), Minas Gerais (MG), Pará (PA), Pernambuco (PE) e Santa Catarina (SC). Diante da informação, o ac24horas resolveu perguntar aos órgãos de Defesa Civil Estadual e Municipal de Rio Branco se há a previsão de o estado ser inserido nesse levantamento ou mesmo se já havia algum trabalho em andamento.

Publicidade

A resposta tanto de uma quanto de outra foi a de que o Serviço Geológico do Brasil já desenvolve esse trabalho no Acre. De acordo com o Cel. Batista, coordenador da Defesa Civil Estadual, o levantamento já foi concluído em quase todos os municípios, faltando ainda os chamados isolados – Santa Rosa do Purus, Porto Walter, Jordão e Marechal Thaumaturgo.


O trabalho consiste no mapeamento de áreas de risco, que identifica setores com potencial de sofrer danos por eventos geo-hidrogeológicos (como deslizamentos e inundações), elaboração de Cartas de Suscetibilidade a Movimentos Gravitacionais de Massa e de Inundações.


O documento auxilia prefeituras em ações de planejamento e gestão territorial e de prevenção de desastres naturais, pois indica a possibilidade de ocorrerem movimentos gravitacionais de massa (deslizamentos e fluxo de detritos) e processos hidrológicos (inundações e enxurradas).


Durante o trabalho, as equipes do SGB contam com o apoio das prefeituras e defesas civis locais. Após a finalização dos estudos, os relatórios e mapas são entregues aos gestores municipais e aos órgãos de defesa civil nas esferas municipal, estadual e federal. Em Rio Branco, a equipe do SGB esteve em setembro de 2022 realizando esse estudo.



 


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido