Menu

Batata-inglesa ficou quase 30% mais cara em Rio Branco

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre publicou nesta quinta-feira (15), o Boletim de Conjuntura Econômica com dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os especialistas apontam que o subgrupo de alimentação em domicílio teve uma participação significativa na inflação de Rio Branco no período avaliado.


O estudo lista dez produtos que apresentaram mais aumento e redução de preço nos supermercados rio-branquenses. A batata-inglesa foi o produto que apresentou o maior aumento de preço mês passado. O preço do legume aumentou quase 30%.

Publicidade

Os economistas da Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (Fundape) analisaram os dados da inflação do Acre e Rio Branco e fizeram um comparativo entre os meses de dezembro do ano passado e janeiro deste ano.


Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e analisados pelo professor de economia da Universidade Federal do Acre (Ufac) e da Fundape Rubicleis Gomes. Leia o estudo completo aqui.


O estudo lembra que em dezembro de 2023 a inflação em Rio Branco chegou a 0,90%, a maior do ano. No primeiro mês de 2024 houve uma redução de 0,33 ponto percentual e o IPCA da capital acreana fechou em 0,63%. Mesmo com a redução, os economistas da Fundape ressaltam que a inflação local encontra-se em um patamar muito superior à média mensal de 2023.


No tocante à inflação acumulada nos últimos 12 meses, a inflação de Rio Branco (4,58%) se encontra acima da nacional, que foi de 4,51%. A pesquisa mostra evolução da variação da inflação em nove grupos que compõem o IPCA de Rio Branco. Os grupos de alimentação e bebidas, despesas pessoais, comunicação, habitação e cuidados pessoais apresentam, desde 2023, uma tendência crescente.


Conforme a análise, apenas os grupos de alimentação e bebidas, em conjunto com habitação, são responsáveis por 98,24% da inflação de janeiro. Já o grupo de transporte apresentou deflação de 0,83%. Isoladamente, essa deflação representou uma redução no IPCA local de 31,26%, dessa forma, contribuindo para desacelerar a inflação local.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido