Menu

O Republicanos admite uma candidatura própria na disputa pela prefeitura

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

É posição fechada do nosso partido indicar o candidato a vice-prefeito na disputa da prefeitura de Rio Branco, na chapa da sigla com a qual o REPUBLICANOS se coligar, disse ontem ao BLOG o deputado federal Roberto Duarte (REPUBLICANOS). Na sua visão, a sigla tem tempo eleitoral, Fundo Eleitoral, é um partido grande e não pode virar puxadinho, entrando numa aliança só para pedir votos para prefeito de Rio Branco. Duarte diz que já teve uma conversa com o candidato a prefeito do partido NOVO, deputado Emerson Jarude; tem conversa marcada com o candidato Alysson Bestene (PP) e só não vai conversar com o candidato do MDB, Marcus Alexandre, por ter o PT na sua aliança. Em uma hipótese de não ver o REPUBLICANOS apontando o vice de nenhuma chapa, então, eu serei candidato a prefeito, falou o presidente do REPUBLICANOS. “O certo é que vamos estar numa chapa majoritária de uma forma ou de outra, indicando um vice ou com candidatura própria”, garante Roberto Duarte.


LEITURA CORRETA
O deputado federal Roberto Duarte (REPUBLICANOS) faz uma leitura correta do cenário, um partido do porte da sigla que dirige, com dois deputados federais, que montou uma chapa forte para vereador, não pode ser satélite de outra agremiação. Quem é grande, tem de aparecer grande na briga pela PMRB, enfatiza.


NÃO VAI TER DINHEIRO
O governador Gladson Cameli disse em recente conversa com um colega da imprensa que, se algum candidato a prefeito quer seu apoio pensando em ajuda financeira, está enganado.


NÃO VAI ARRISCAR
Ao longo do ano passado, coloquei exatamente o que o Gladson falou ontem numa conversa reservada. O Gladson tem oito inquéritos na Operação Ptolomeu para responder, não vai querer se complicar ainda mais ajudando financeiramente candidatos a prefeito, o que aumentaria o perigo sobre seu CPF.


CONTINUA EM PAUTA
Para lembrar: não houve nenhum arquivamento do primeiro dos oito inquéritos que o Gladson responde no STJ, por falta de provas, como chegou a ser amplamente publicado. Tampouco, foi suspenso até aqui o julgamento do dia 22.


BASTIDORES DA ELEIÇÃO
No início do próximo mês, o presidente do MDB, Flaviano Melo, deverá viajar até Brasília para uma conversa com o deputado federal Fábio de Rueda (UB), e buscar estender a conversa com a direção nacional. O Marcus Alexandre vai lhe acompanhar. Mas não tem nada certo entre MDB e UB, será apenas mais uma conversa.


NOME DO PSB
Pela falta de candidato forte no seu grupo, a tendência do prefeito de Feijó, Kiefer, é lançar como nome para sua sucessão, seu ex vice-prefeito, Cláudio Braga (PSB), de tradicional família do município.


NÃO TEM ESPAÇO VAZIO
O Delegado de Polícia de Feijó, Railson Ferreira, que vem sendo apontado como um nome com bom trânsito para disputar com chance a prefeitura do município, precisa definir em que partido se filiará. Na política, não tem espaço vazio. É logo ocupado.


SE PRESERVAR PARA 2026
O ex-deputado Jenilson Leite (PSB) e o presidente do partido, César Messias, já tiveram uma conversa com Marcus Alexandre. Mas o foco do Jenilson não é ser vice, mira a disputa do governo em 2026.


PORTA ABERTA
O presidente Flaviano Melo disse estar o MDB de portas abertas para uma aliança na chapa majoritária com o União Brasil. Que poderia passar até pela indicação do vice de Marcus Alexandre, caso o UB aceite a aliança.


ARTICULANDO
Quem está se articulando para ser a vice na chapa do prefeito Tião Bocalom, é a secretária municipal de Saúde, Sheila. Vice é espaço de negociação para composição com partidos. Se ela quer ser a vice, tem que ser lançada por um partido diferente do qual o Bocalom vai se filiar, no caso o PL. É assim que o boi dança.


GATO ESCALDADO
O ex-presidente Jair Bolsonaro está convocando seus seguidores para um ato público na Avenida Paulista, mas fez a ressalva que não tenha nenhuma faixa atacando o STF, algum de seus ministros e o Lula. Diz que pretende só dar sua versão sobre os processos que responde. Ao preservar o STF, parece que aprendeu o ditado de que, gato escaldado, tem medo de água fria. Está tudo complicado para ele, no STF.


JÉSSICA CONFIRMADA
O ex-prefeito Vagner Sales confirmou ontem ao BLOG a candidatura a prefeita da filha e médica Jéssica Sales (MDB). Prevê para março, o anúncio oficial da candidatura, em Cruzeiro do Sul.


SONHANDO ACORDADO
O senador Márcio Bittar (MDB) costuma sonhar acordado, ainda acha que o Alysson Bestene (PP) acabará sendo o vice do prefeito Bocalom.


CANDIDATO SEM LÁPIS
O secretário Alysson Bestene (PP), é o candidato do Palácio Rio Branco, mas não lhe deram nem um lápis, quanto mais a caneta azul para resolver pequenas demandas.


FRANCO ATIRADOR
O deputado federal Emerson Jarude (NOVO) é candidato a prefeito de Rio Branco no papel de franco atirador, numa eleição difícil, mas se perder continua no mandato na ALEAC.


MISSÃO DIFÍCIL
A presidente do diretório municipal do PP, deputada federal Socorro Neri, conseguiu unificar o partido em torno da candidatura de Alysson a prefeito; mas a sua missão mais difícil é popularizar o nome do seu candidato.


POLARIZADA
A eleição para a prefeitura em Tarauacá, tende a ficar polarizada entre o candidato Rodrigo Damasceno (PP) e a prefeita Néia (PDT).


A PARTIR DE ABRIL
Pesquisas para medir a popularidade dos candidatos a prefeitos, que vão começar a projetar a tendência da eleição, é de abril em diante. Pesquisa antes disso é brincar de advinhar.


FRASE MARCANTE
“Rir é o melhor cosmético para seu exterior e a melhor medicina para o seu interior”. Phil Basmans.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.