Menu

“Tinha uma bicicleta e um sonho”, diz Sandra Melo sobre começo da carreira

FOTO: SÉRGIO VALE
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Após movimentar o público na quarta noite do carnaval da Prefeitura de Rio Branco, na Praça da Revolução, a cantora Sandra Melo, hoje considerada um ícone do carnaval acreano compareceu ao estúdio do ac24horas.


Ao jornalista Leônidas Badaró, ela falou sobre o tempo das vacas magras que marcou o começo da sua carreira de sucesso no estado.


“Meu pai me incentivou a começar a tocar, e daí já veio um teclado e um microfone, em seguida eu me casei com um tecladista, mas a gente casou numa época que não era, assim, vaca gorda, então o que a gente tinha? Uma bicicleta e um sonho de ser artista. Então meu marido tocava e eu cantava. Em seguida veio uma motinha e a vida foi clareando”, contou.

Publicidade

A sequência da carreira de Sandra Melo passou pela criação da banda Boca Mel, que a marca até hoje, após ela ter passado a trabalhar artisticamente o próprio nome, a partir de 2017, para se tornar uma cantora reconhecida em todos os lugares do Acre.


Na terça-feira de carnaval, Sandra faz o pré-show do cantor Neguinho da Beija Flor, no Carnaval da Gameleira, e volta a se apresentar no evento da prefeitura por volta das 10 horas da noite. A cantora fecha o seu circuito de carnaval se apresentando no Bloquinho do Tardezinha.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido