Menu

Polícia Federal do Pará combate fraude em benefício do INSS

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão contra empresa suspeita de falsificar documentos para aposentadoria. Foi na operação Papel de Araque, no município de Augusto Correa/PA, para apurar estelionato contra o INSS.


Foram apreendidos computadores, telefones celulares, documentos de terra e de pedidos de aposentadoria. A empresa alvo seria responsável por forjar documentos que comprovariam uma pessoa como trabalhadora rural e, assim, conseguir a aposentadoria equivalente.


A fraude foi verificada pela Justiça Federal de Castanhal/PA, que percebeu a falsidade em contratos referentes a processos de aposentadoria rural. Informada, a Polícia Federal iniciou a investigação, que vai se aprofundar a partir das apreensões realizadas hoje.
A empresa atuaria como despachante de pedidos de aposentadoria, forjando documento conhecido como “papel de terra”, requisito para o trabalhador rural inativo receber o valor do benefício do INSS. Um mesmo terreno constava como sendo utilizado por vários trabalhadores rurais, sem o conhecimento do dono.

Publicidade

Em declarações, os envolvidos que constavam nos pedidos de benefício previdenciário rural admitiram que jamais trabalharam na terra que consta nos contratos apresentados e que não conhecem seu proprietário. Todos os oito processos investigados foram interrompidos antes do pagamento.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido