Menu

Gladson, de bem com a vida!

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O governador Gladson Cameli (PP) continua surpreendendo a todos. Recentemente, ele revelou que sua barba é uma homenagem ao presidente Lula (PT). Essa atitude tem sido interpretada como uma demonstração de sua liberdade diante do radicalismo ideológico que muitos políticos se encontram presos. Para Cameli, a política deveria ser guiada apenas por um princípio: o bem comum.


Enquanto seu gesto agrada alguns, também irrita aqueles que acreditam que Lula não merece tal homenagem, mesmo que seja em tom de brincadeira. Contudo, aqueles que conhecem bem o Gladson Cameli sabem de sua gratidão pela boa relação que construiu com Lula, mesmo tendo apoiado e votado no ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).


Cameli entende que um governador não pode se dar ao luxo de permanecer no palanque indefinidamente. Para ele, a eleição terminou em 2022, e agora é o momento de trabalhar formando parcerias com o governo federal, algo que ele conseguiu fazer com Lula. Gladson sempre está de bem com a vida, apesar dos pesares.


“O PROGRESSISTA não é um partido de aluguel”. (Deputada federal Socorro Neri na defesa do partido em Brasiléia)


. Em se tratando de política, pode se fazer muita coisa, porém, outras não!


. Não se pede aquilo que um presidente, governador ou prefeito não pode fazer porque não há como.


. O PROGRESSISTA na fronteira, por exemplo, foi plantado, regado e cuidado às duras penas para ser entregue de mão beijada para qualquer um.


. Há um preço de sacrifício das pessoas que construíram o partido; como é que elas ficam?


. E todo o trabalho, esforço e luta para empoderar a sigla na comunidade que, segundo pesquisas, é bem avaliada?


. Já dizia o presidente Tancredo Neves a sua mulher Risoleta:


. “Nunca peça o que você sabe que não vai poder ser atendida, nem dê uma ordem a sua secretária se você também já sabe de antemão que ela não irá cumprir”.


. “Quem vai ser prefeito de Rio Branco? É o Lula, o Bolsonaro? Não é Marcus Alexandre, o Bocalom, Alysson ou qualquer um que vencer a eleição, portanto, não acredito na grande influência de nenhum deles na eleição municipal”. (João Correia).


. “Posso falar”?!


. Diga, Macunaíma!


. “Todos aqueles que tentaram usar o governador Gladson Cameli politicamente fazendo caras e bocas se deram mal”.


. Isso você já disse na semana passada!


. “Pois é, estou repetindo”.


. Algo mais?!


. “O poder também empanzina que nem buchada, dá congestão, sufocamento político; quer tudo ao mesmo tempo; acha que pode tudo”.


. Fosse o presidente da Aleac, deputado Luís Gonzaga (PSDB), tomava mais cuidado com alguns “aliados”, que querem o seu cargo.


.  Eber Machado, Neném Almeida, Francisco Phantio, Joabe Lira, Sheila Andrade…


. Deverá haver uma renovação de mais de 70% da Câmara nas eleições deste ano; em 2004 foi de 90%.


. Alguns prefeitos vivem seu último janeiro nos cargos!


. Tchau, queridos!


. Os amores na mente/ as flores no chão/ a certeza na frente/a história na mão…


. Bom dia!