Menu

Cidades são apontadas como os maiores poluentes do Rio Acre no filme Expedição Águas do Acre

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O secretário-adjunto de Agricultura do Acre, Edivan Azevedo, e o presidente da Federação de Agricultura do Estado do Acre (Faeac), Assuero Veronez, desvendam equívocos comuns sobre a poluição nos rios da Amazônia no documentário “Expedição Águas do Rio Acre”. O programa vai ao ar na noite deste Natal, 25, às 19h, na TV Gazeta, com transmissão aberta para todo o Acre.


Frequentemente acusado erroneamente de contribuir para a poluição, o setor produtivo, representado por Edivan e Assuero, oferece suas perspectivas sobre a atual situação dos rios amazônicos e as responsabilidades inerentes ao setor.

Publicidade

Assuero Veronez destaca: “Em dez anos, 800 mil casos foram notificados de intoxicações. Desses, 800 mil, apenas 5%, são decorrentes de agrotóxicos. Eu não tenho nenhuma dúvida que foram as cidades”.


Alinhando-se ao pensamento de historiadores, geógrafos e pesquisadores que participaram da produção, Assuero Veronez e Edivan Azevedo argumentam que as cidades são as grandes vilãs quando o assunto é poluição dos rios.


Documentário Expedição Águas do Rio Acre.
Data de estréia: Segunda-feira, 25 de dezembro.
Horário e local: Às 19h, na TV Gazeta.



 


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido