Menu

Vai a júri popular homem que matou estudante em ônibus a caminho da escola

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Natanael Silva Oliveira, de 28 anos, vai ao banco dos réus por matar o adolescente Adriano Barros Cataiana, de 15 anos, no dia 12 de julho em um ônibus em Rio Branco. A sentença de pronúncia foi proferida nesta segunda-feira (27), pelo juiz Alesson José Santos Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco e Auditoria Militar.


O crime, segundo a denúncia do Ministério Público, que foi recebida no dia 1º de setembro deste ano, foi motivado por vingança pelo fim do relacionamento com a genitora da vítima. O MP pediu a pronúncia do acusado para que seja submetido ao julgamento do Tribunal do Júri, enquanto a defesa, por sua vez, pediu a exclusão da qualificadora do motivo torpe.


De acordo com o processo, o acusado manteve um relacionamento de sete meses com a mãe da vítima e passou a ameaçá-la após o término da relação, chegando a tentar matá-la em uma das oportunidades. O filho a teria defendido em uma das agressões. Em depoimento, a mãe conta que Natanael enviava a ela mensagens dizendo que “iria mexer com o que mais doía nela”.

Publicidade

Adriano foi morto com um tiro na cabeça quando ia para a escola em um ônibus, no bairro Tancredo Neves, em Rio Branco. Segundo a acusação, o crime foi cometido por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa do ofendido, por meio de um disparo de arma de fogo na região da cabeça, provocando lesão que foi a causa da morte.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido