Centro de Referência Paralímpico em Rio Branco é caminho para superação e sonhos a serem conquistados

Receba notícias do Acre no grupo de WhatsApp do ac24horas.

Uma parceria entre o Comitê Paralímpico Brasileiro, Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) e a Universidade Federal do Acre (UFAC) responsável pelo Centro de Referência Paralímpico em Rio Branco voltado para atender jovens e adultos com deficiência física, visual e intelectual em várias modalidades.


Nesta semana, o videomaker do ac24horas, Kennedy Santos, foi conhecer o trabalho que para muitas pessoas com deficiência, independentemente da idade, é caminho para superação e sonhos a serem conquistados.


Entre os participantes do projeto, estão os alunos da escola de Ensino Especial Dom Bosco.


Atletismo, bocha, halterofilismo, natação e futebol são algumas das muitas atividades desenvolvidas nos espaços esportivos da UFAC, que dispõe de pista de atletismo, piscina olímpica, quadra poliesportiva, academia e laboratórios.


Uma das alunas do projeto entrevistadas pela videorreportagem, Ludmila Lopes tem o sonho de ser atleta. Ela conta que foi muito bem acolhida e após o receio inicial, passou a se sentir bem no local das atividades.


“Vim com um certo medo de chegar aqui e ficar excluída, mas descobri que não é assim”, diz.


Darria, praticante de bocha, afirma que está se dedicando e diz ao videomaker que será vista na seleção paralímpica. “Você vai ver, ainda”. Ela, como tantos outros, enchem os olhos de quem testemunha a dedicação e a força de vontade que possuem.


“Só deles saírem de casa e virem para cá já é uma alegria imensa, e a cada aula que a gente dá para eles, a mudança é bem diferenciada. A movimentação do braço já melhorou bastante, a coordenação motora”, diz uma das professoras voluntárias, Maria Lila.


Assista a parte 1 e 2 do vídeo de Kennedy Santos


video
play-rounded-fill
video
play-rounded-fill

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido