Menu

Governo do Acre deve R$ 50 milhões às empresas terceirizadas, diz deputado

Fagner Calegário falou na tribuna - Foto: Sérgio Vale
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O deputado Fagner Calegário (Podemos) disse nesta quarta-feira (20) que é solidário aos trabalhadores terceirizados que vivem um período de salários atrasados. “Até quando as boas empresas vão conseguir segurar esse tipo de situação?”, questionou, afirmando que as empresas acabam virando alvo do Ministério do Trabalho.


Segundo Calegário, as empresas tem R$ 50 milhões em pendências para receber do governo do Acre. Para ele, não é possível colocar todas as empresas no mesmo balaio. “Há delas que não tem condições de serem contratadas, com problemas de recolhimento de FGTS, mas é necessário apurar de quem é a responsabilidade e garanto que nem sempre é do empresário”, disse o deputado.

Publicidade

“O problema é que se não resolver a situação acontecerão outras paralisações, disse o deputado, referindo-se ao movimento trabalhador contra o atraso salarial que parou as atividades no Pronto-Socorro.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido