Menu

Pesquisar
Close this search box.

Michele diz que fará “contraponto” ao governo e recebe abraço de Manoel Moraes

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

A deputada Michele Melo (PDT) se pronunciou oficialmente nesta terça-feira, 5, pela primeira vez na tribuna da Assembleia Legislativa após ser destituída da função de líder do governo. Ela reforçou que o advento à liderança do governo na Aleac foi a convite do governador Gladson Cameli, escolhida “não para bater palmas”, mas para cuidar do povo.


Para ela, a saída da liderança de governo é sinal de que deve fazer o “contraponto”, sem explicitar se será oposição de fato ou do bloco dos independentes.


“Fui extremamente acolhida dentro da Aleac e faço deferência aos deputados. Foi 100% de vitória e eu cumpri meu papel. O que há são grandes dificuldades de articulação do governo, pois para quem não sabe onde chegar qualquer caminho serve”, disse.

Anúncios


“Jamais seria uma líder omissa, negligente e que não levasse os problemas da população como uma ordem do dia. Uma visão de futuro passa por tirar o Acre do mapa da violência e não expulsa famílias inteiras enquanto uns fazem fotos em eventos. Visão de futuro é construir alternativas para que profissionais não sejam demitidos sem direito”, disse a parlamentar, fazendo referência ao slogan do Palácio Rio Branco, “Visão de Futuro, governo de todos”.


Melo ainda alfinetou no final de seu discurso. “Mas a visão atual ainda deixa pessoas hospitalizadas em macas nos hospitais”, disse.


Após o discurso, a deputada se dirigiu ao seu assento no plenário, mas foi abordada pelo deputado Manoel Moraes (PP), novo líder do governo. Ela recebeu um abraço e carinho do parlamentar. Eles devem conversar nos próximos dias. Moraes tem interesse que a deputada continue na base.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido