Menu

Em audiência pública, procurador-geral destaca papel da ressocialização de apenados

Foto: procurador-geral de Justiça do Acre, Danilo Lovisaro - Tiago Teles/Assessoria MPAC
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Durante o discurso de abertura da audiência pública que discute a difusão do método APAC – que promove recuperação e reinserção social de apenados no sistema carcerário -, no auditório do Ministério Público do Acre, em Rio Branco, nesta quinta-feira, 31, o procurador-geral de Justiça do Acre, Danilo Lovisaro, disse que o debate é fundamental para a humanização da pena do criminoso.


Segundo o procurador, a ressocialização, que é uma das funções da pena, não é cumprida pelo estado. “Temos a oportunidade de devolver à sociedade pessoas boas, ou pessoas que não se ressocializaram, e o método APAC visa cumprir essa função, que é fundamental da pena. Essa pessoa tem que ser útil, como todos os demais cidadãos, se não ela nunca vai ser ressocializada”, disse.

Publicidade

Segundo o Ministério Público, o objetivo do evento é mobilizar e sensibilizar sobre a necessidade do envolvimento da sociedade civil na execução penal, como corresponsável na ressocialização do condenado, além de ser uma oportunidade para identificar pessoas interessadas em dar continuidade ao estudo da metodologia para criação e composição da APAC no município de Rio Branco.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido