Menu

Empresários acreditam que Rio Branco pode se tornar Manaus com mega-porto no Peru

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Em Lima, no Peru, aproximadamente 30 empresários acreanos buscam acordos desde a última semana, com entidades e representantes do país vizinho para a prospecção de negócios para o Estado. Durante a manhã desta quarta-feira, 10, eles conheceram a construção de um dos maiores portos locais, Chancay, e acreditam que a região do Acre pode entrar na rota comercial entre a China e a América do Sul.


Segundo o presidente da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agrícola do Acre (Acisa), Marcelo Moura, o estado está bem posicionado geograficamente, sendo esta uma oportunidade gigantesca para o seu crescimento. “Eu estou surpreendido com todo o planejamento que foi feito da China para escoar seus produtos para a América do Sul e para receber a proteína animal e vegetal deste continente. Não tem como o Acre não participar disso. É pensar em transformar Rio Branco em Manaus, por exemplo”, declarou.


O Porto de Chancay funcionará como uma ação revolucionária entre a rota marítima entre a Ásia e a América do Sul, reduzindo o tempo e custo de transportes. Para Marcelo, é preciso agora o apoio do governo estadual e federal para que o Acre se torne uma porta de entrada desta iniciativa. “O Acre pode sim ser uma grande porta de entrada das matérias-primas e de saída da nossa produção agrícola, principalmente. Mas nós temos um grande trabalho, em preparar o Estado juridicamente para ele poder receber todo esse volume de mercadoria. E eu tenho certeza que se a gente trabalhar bem com a nossa bancada federal, gestão comercial, Apex e governo estadual e federal, o nosso Acre vai crescer e se desenvolver muito”, apontou.

Publicidade

VEJA O VÍDEO:

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido