Menu

Rio Branco acumula 2 mil pedidos de vistorias após cheia do Rio Acre

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O período de vazante do Rio Acre após o manancial atingir a segunda maior cota de alagação dos últimos anos também tem acarretado prejuízos. Nesta terça-feira, 18, a Defesa Civil Municipal informou que há mais de 2 mil pedidos para vistorias em residências, comércios e até obras públicas por risco de desmoronamentos.


O órgão municipal alerta que o risco de deslizamentos de terra e erosões é alto não só em imóveis, mas ainda em pontes, passarelas e vias. “À medida que a cota [do rio] vai diminuindo, aumentam os danos provocados durante o período de cheia”, destacou a Defesa Civil.


Na manhã desta terça-feira, o nível do Rio Acre marcou 10,02 metros por volta das 6 horas, após apresentar elevação devido às chuvas. Ao menos sete casas desabaram no último domingo por conta da erosão de terra em áreas de risco do bairro Cidade Nova.

Publicidade

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido