Menu

Ponte Metálica está sob pressão de 200t e apresenta fissuras

DCIM100MEDIADJI_0071.JPG
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Participação de Whidy Melo


Engenheiros e técnicos do DERACRE que atuam na retirada de balseiros sob a ponte Juscelino Kubitschek, no centro de Rio Branco, identificaram na manhã de hoje (28), ao menos uma fissura e deslocamento na base da ponte que liga a região central da capital ao segundo distrito.


Logo após a identificação do problema, um engenheiro do Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre), Roberto Camarão, disse em entrevista ao ac24horas que o problema não é grave e que a ponte deverá ser liberada para tráfego de veículos após a retirada dos balseiros e a realização de uma nova vistoria. Segundo ele, o problema é na estrutura da tradicional ponte da capital. “Tem dano na estrutura metálica só, mas isso é fácil de ajustar e são danos leves. O problema é que dessa vez é muito balseiro e temos poucas máquinas, então, não é nada grave. O ponto de grande impacto é no eixo”, explicou.

Publicidade


O coordenador da Defesa Civil, tenente-coronel Cláudio Falcão, acompanhava o trabalho do DERACRE. Segundo Falcão, somente a vistoria que será realizada após a retirada dos entulhos deverá esclarecer a gravidade do incidente: “assim que for feito a retirada os balseiros vamos fazer uma nova vistoria por completo para verificar como ficou em baixo, estando na normalidade, fazemos a desinterdição”, ressaltou.



A Defesa Civil estima que a ponte Juscelino Kubitschek esteja sofrendo uma pressão de 200 toneladas, por conta dos balseiros que estão presos à estrutura.


Veja o vídeo:

video
play-rounded-fill

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido