Menu

Influencer é alvo de críticas ao usar “blackface” em concurso de fantasia

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Na última sexta-feira, 24, a dançarina e digital influencer acreana Karol Loriato ganhou o 2º lugar de um concurso de fantasias de Carnaval promovido por um restaurante na capital acreana e levou premiação de R$ 1,2 mil reais.


No entanto, a premiação chamou atenção devido ao “blackface”, prática de escurecer a pele para caracterizar uma pessoa ou personagem negro, e que é considerada racista. Devido a prática, a acreana foi alvo de duras críticas nas redes sociais.

Publicidade

Acerca da fantasia, Loriato alegou que a escolha era para combater o racismo, nas reconheceu que achou a fantasia engraçada. “Hoje eu pensei em elaborar uma fantasia engraçada, mas eu não dormiria tranquila sabendo que tenho a oportunidade de fazer melhor. Minha fantasia reflete o que estamos passando, o que não deveria estar acontecendo: o racismo”, postou no seu Instagram.


Após a repercussão, Karol negou ao G1 ser racista e disse que não conhecia o termo “blackface”. Segundo ela, a intenção da fantasia era protestar contra casos de discriminação. “Minha intenção era passar uma mensagem antirracista, porque venho de uma família de negros. Minha mãe é negra, meus tios são, não tem como eu ser racista. Eu nem sabia disso [blackface]. Eu me vesti daquele jeito porque tá acontecendo muito aqui em Rio Branco”, comentou.


O concurso “Último grito do Carnaval” contou com premiação de R$ 5 mil, distribuídos entre os três primeiros colocados.


Vários internautas repudiaram a escolha da influencer. “A mulher ganhou R$ 1.200 reais sendo racista”, criticou.


O que é blackface?

O “blackface” é uma prática que tem pelo menos 200 anos. Acredita-se que ela tenha se iniciado por volta de 1830 em Nova York. Mas não se trata apenas de pintar a pele de cor diferente.


Era uma prática na qual pessoas negras eram ridicularizadas para o entretenimento de brancos. Estereótipos negativos vinham associados às piadas, principalmente nos Estados Unidos e na Europa.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido