Rio Branco - Acre, 1 junho 2023, horário atual: 9:33 am.

Empresários e políticos do Juruá lançam campanha SOS BR-364 para tentar “salvar” a estrada

Com objetivo de evitar o fechamento da rodovia federal por falta de manutenção, empresários e políticos de Cruzeiro do Sul lançaram nesta sexta-feira, 24, a Operação S.O.S BR-364. A ação é liderada pela Associação Comercial do Alto Juruá e inclui a mobilização política e da sociedade, instalação de Out Doors na estrada, além de outras medidas.


“Nós nunca vimos a BR-364 tão deteriorada como ela está agora e a possibilidade de fechamento no trecho de Rio Branco e Cruzeiro do Sul é real. Por isso estamos lançando essa campanha e convidando o governador Gladson Cameli e toda a bancada federal para virem de Rio Branco até Cruzeiro do Sul pela BR-364 para sentirem o drama da população. E que se comprometam em garantir recursos para melhorar essa rodovia, que é fundamental para o desenvolvimento de toda essa região”, pontuou Luís Cunha, presidente da Associação.


Ele ainda destacou que a quantidade de buracos torna constante a necessidade reparos nos caminhões, encarecendo cada vez mais as viagens de São Paulo e outros centros, até Cruzeiro e vice-versa.


Os prefeitos de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, de Mâncio Lima, Isaac Lima e de Rodrigues Alves, Jailson Amorim, além de vereadores e presidentes de Associações Comerciais dos municípios, o deputado federal Zezinho Barbary, estiveram no evento.


“Por causa do estado da BR-364, as mercadorias aumentam e o prejuízo é de toda a sociedade”, cita o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima.


“É hora de unir todos os políticos do Acre para sermos vistos e ouvidos com relação à BR-364”, pontuou o gestor de Mâncio Lima, Isaac Lima.


Números

Os números da secretaria Estadual de Fazenda do Acre com relação à BR-364 destacam a importância da rodovia federal para o Acre.


Em 2022, foram transportados pela rodovia bens e mercadorias no trecho entre Cruzeiro e a capital, com entrada e saída, no valor de R$2,3 bilhões. Para a região do Vale do Juruá, foi R$ 1,3 bilhão, sendo 80% deste valor só de Cruzeiro do Sul.


De Sena Madureira à Mâncio Lima, vivem 287 mil pessoas. Uma média de 4.500 pessoas transitam mensalmente na rodovia.


Por causa do estado da estrada, as viagens de ônibus duram até 17 horas e de carro, 12 horas. De avião, a passagem pode passar de R$ 3 mil no trecho de 50 minutos de voo entre Cruzeiro do Sul e Rio Branco.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido