Menu

Pesquisar
Close this search box.

Acre teve 66% menos focos de queimadas em janeiro

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Os focos de calor em janeiro de 2023 foram 66% menores que os registrados em janeiro do ano passado, segundo números atualizados na noite desta terça-feira (31) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).


Foram apenas 8 focos detectados pelo satélite de referência nos últimos 31 dias contra 24 do ano anterior no mesmo período.


No bioma Amazônico, foi registrada em janeiro de 2023 uma taxa 33% abaixo da média para o mês. No período, foram computados 1.056 focos de queimadas, enquanto a média histórica é de 1.547 focos. Quando comparado com o mesmo mês de 2022, a queda foi de 13%: em janeiro do ano passado foram registrados 1.226 focos de calor.

Anúncios


No ano passado, também de acordo com dados do INPE, o Acre teve o segundo pior ano da história, com 11.840 focos de queimadas, atrás apenas do ano de 2005, quando o número foi de 15.993 focos em todo o estado. O município de Feijó foi o campeão de queimadas no estado em 2022.


Os 8 focos registrados em janeiro no estado estão distribuídos entre os municípios de Cruzeiro do Sul (3), Feijó (1), Mâncio Lima (1), Rodrigues Alves (1), Sena Madureira (1) e Xapuri (1).


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido