Menu

Mulheres recorrem à venda em brechós para complementar renda

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Em meio a crise financeira e dificuldade de acesso a emprego formal, várias mulheres em Rio Branco têm recorrido a um estabelecimento comercial que negocia produtos usados – o chamado “brechó”.


A reportagem do ac24horas visitou alguns pontos de venda espalhados na cidade. Na ocasião, entrevistou na manhã desta segunda-feira, 23, Maria Antônia, 53 anos, que montou seu negócio próximo ao antigo Pague Pouco, na rua Machado de Assis com Rua Sena Madureira, bairro Castelo Branco, para auxiliar nas despesas de sua residência juntamente com seus três filhos.


A mulher, que também trabalha com costuras, disse que a iniciativa ocorreu para complementar sua renda mensal, contudo, reclamou que a pandemia ocasionou a diminuição na procura pelos produtos e, consequentemente, nos lucros. “No início as vendas eram boas e estava dando para cobrir os gastos, mas com a pandemia não está dando mais, piorou muito e está tudo difícil”, declarou.

Publicidade

Antônia, bastante emocionada, revelou que, caso as vendas não melhorem, pretende abandonar o negócio. “Não está sendo um bom negócio, pois estou pagando para trabalhar. Hoje mesmo eu tive que vir e não deixei nem o pão para os meus filhos”, reclamou.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido