Conecte-se agora

Em 10 anos, trombose venosa levou 942 pessoas à internação em hospitais no Acre

Publicado

em

Mais de 425 mil brasileiros foram internados para tratamento de tromboses venosas entre janeiro de 2012 e maio de 2022. É o que revela levantamento inédito produzido pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV). No Acre, desde 2012 já são 942 internações por trombose venosa.

O cálculo aponta que, todos os dias, em média 113 pessoas são internadas na rede pública para tratar o problema. A situação preocupa especialistas, que alertam para os riscos de a doença desencadear quadros clínicos ainda mais graves, como a embolia pulmonar.

O estudo, elaborado a partir de registros oficiais do banco de dados do Ministério da Saúde, evidencia a necessidade de os brasileiros se atentarem aos cuidados diários relacionados à saúde vascular, como alerta o presidente da SBACV, Julio Peclat. “O volume de internações por tromboses venosas, além de ser preocupante do ponto de vista clínico, revela um cenário precário no que se refere às práticas de autocuidado pelos brasileiros, considerando que o problema pode ser evitado com a adesão de medidas simples, como a prática de exercícios físicos e o controle do peso corporal”.

A trombose venosa ocorre quando há a formação de coágulos de sangue dentro das veias, principalmente nos membros inferiores, impedindo o fluxo natural do sistema cardiovascular. Essa condição pode causar manchas arroxeadas ou avermelhadas nos locais afetados, acompanhadas de sensação de desconforto, dor e inchaço.

As principais causas do problema são alterações na coagulação, imobilidade prolongada ou lesão nos vasos sanguíneos. O uso de anticoncepcionais, cigarro e histórico familiar são alguns dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de tromboses venosas.

São Paulo foi o estado que mais contabilizou internações para o tratamento de tromboses venosas, com 118.960 registros no banco de dados do SUS. Em seguida aparecem Minas Gerais (69.164), Paraná (39.426) e Rio Grande do Sul (36.964). Já os estados menos expressivos no número de internações pela doença são o Amapá (194), Roraima (426) e Acre, já citado.

Um ponto que chama atenção é que 61% dos pacientes que chegaram ao hospital para tratamento do problema são do sexo feminino. Já a faixa etária mais expressiva no quadro de internações compreende os pacientes com idades entre 40 e 69 anos, sendo eles os responsáveis por 56% de todos os registros.

Cotidiano

Estelionatário do “Pix falso” é preso no Acre e confessa ter levantado mais de R$ 100 mil

Publicado

em

A Polícia Civil do Acre prendeu no início dessa semana um homem suspeito de aplicar o golpe do “pix falso”, em Rio Branco e no interior do Estado.

Ele simulava um pagamento, enviando um comprovante falsificado para suas vítimas e após obter os produtos não respondia mais as mensagens dos vendedores.

O autor do crime já teria realizado a prática diversas vezes, inclusive tentou mais de uma vez em uma mesma loja, foi quando a equipe da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil foi até o encontro dele e o prendeu em flagrante pelo crime de estelionato.

O suspeito confessou já ter cometido o golpe várias vezes, sendo que apenas em um estabelecimento de vendas de celulares na capital, teria arrecadado o valor de R$ 50 mil.

Durante o flagrante, foram encontrado com o homem três celulares oriundos do delito, sendo dois aparelhos Realme 9, no valor de R$ 3.500,00 cada e um Iphone 12, avaliado em R$ 6.500,00.

No total, ele confessou ter levantado mais de R$ 100 mil na aplicação do crime. Só na 1ª Delegacia Regional respondeu a mais de 08 inquéritos.

Segundo a Polícia Civil, os aparelhos de celulares foram apreendidos e restituídos às vítimas e o autor conduzido à Delegacia de Flagrante (Defla) para os procedimentos cabíveis.

“A Polícia Civil continuará em diligências investigativas a fim de localizar os demais aparelhos de celulares subtraídos e demais indivíduos envolvidos no crime”, explica em nota.

Continuar lendo

Cotidiano

Ibama seleciona coordenador de Tecnologia da Informação com gratificação de R$ 6,2 mil

Publicado

em

O Ibama informa que estão abertas até 13 de fevereiro as inscrições para processo seletivo destinado a servidores públicos ocupantes de cargo de provimento efetivo da administração pública federal ou empregado público de empresa pública federal dependente do Tesouro Nacional, para assumir função comissionada de coordenador-geral de Tecnologia da Informação na Diretoria de Planejamento, Administração e Logística (Diplan).

O valor da gratificação é de R$ R$ 6.223,98 e os candidatos deverão ter nível superior em qualquer área, experiência profissional de, no mínimo, quatro anos em atividades correlatas às atribuições do cargo, experiência profissional de dois anos em função de confiança em qualquer esfera de governo na área de TI e conhecimento em gestão de projetos e gestão e governança de dados.

A modalidade de trabalho será presencial, na sede do Ibama, em Brasília, e exige disponibilidade eventual para viagens. Para pleitear a vaga, os interessados deverão preencher o formulário de inscrição até às 23h59 do dia 13/02/2023.

SAIBA MAIS

Continuar lendo

Cotidiano

UFPA abre 1.360 vagas EAD com bônus de 10% na nota do Enem para estudantes do Acre

Publicado

em

A Universidade Federal do Pará (UFPA) lançou nesta quinta-feira (2) o edital do Processo Seletivo para o ingresso de discentes em cursos de graduação na modalidade de educação a distância 1.340 vagas em 6 cursos, distribuídas em 20 polos presenciais, além de uma vaga extra, em cada curso e polo, reservada a pessoas com deficiência.

As inscrições iniciam às 14h do dia 9 de fevereiro (terça-feira) e seguem até às 17h do dia 10 de março de 2023.

As vagas ofertadas no Processo Seletivo Especial EaD 2023 são destinadas a estudantes com inscrição homologada no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2022.

Estudantes que cursaram o ensino médio integralmente em escola pública ou privada, em um ou mais dos estados da Região Norte (Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), podem contar com um bônus de 10% sobre a nota do Enem 2022, desde que o mesmo seja solicitado no momento da inscrição.

As inscrições para o PSE EaD 2023 devem ser realizadas no site do Centro de Processos Seletivos da UFPA (CEPS), a partir das 14h do dia 9 de fevereiro até as 17h do dia 10 de março de 2023. A taxa de inscrição será no valor de R$100.

Continuar lendo

Cotidiano

Com volta às aulas, uso de mochilas muito pesadas pode causar problemas de saúde

Publicado

em

O início do ano também é marcado pelo fim das férias escolares. Com isso, o uso da mochila nas costas por crianças e adolescentes volta a ser frequente. Cuidados para que o peso sobre as costas não prejudique o aluno devem ser tomados.

O ortopedista Julian Machado orienta que a mochila deve ser carregada da forma correta, com as duas alças devidamente acomodadas nos ombros. Recomenda-se ainda que o peso da mochila não ultrapasse 10% do peso do aluno.

“O peso da mochila não vai deformar a coluna, a parte óssea, o arcabouço ósseo, mas com o tempo ele pode levar essa criança a ter vícios posturais, que funcionam como se ela tivesse realmente a escoliose, a cifose. Então assim, o peso da mochila é um fator importante e uma sem ocupação sempre no período de início das aulas”, completa o especialista.

O neurocirurgião Henrique Lira, especialista em coluna vertebral, alerta aos pais a importância do acompanhamento da saúde da coluna das crianças desde os primeiros anos de vida, pois alterações ou impactos no desenvolvimento e na qualidade do funcionamento ergonômico postural, vai impactar diretamente na saúde da coluna do adulto.

“Crianças que vão à escola com uma postura inadequada, seja por carregamento de peso na mochila, seja por alterações posturais na hora estudo, associados à obesidade, a falta de práticas de atividade física, isso vai impactar na saúde da coluna de até 70% dos adultos tardiamente”, explica Lira.

Na hora de arrumar a mochila para a volta às aulas, o aluno deve optar por colocar o material mais pesado na parte de trás, de forma que fique mais perto do corpo para que o peso não faça com que a criança ou adolescente se curve.

Observe também se a mochila está acomodada no meio das costas e apoiada na coluna lombar, desta forma, os ombros não ficarão sobrecarregados e pode ajudar a evitar a dor no final do dia.

Fonte: Brasil 61

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.