Conecte-se agora

México vence Arábia Saudita em partida emocionante, mas é eliminado por saldo de gols

Publicado

em

O México venceu a Arábia Saudita por 2 a 1 nesta quarta-feira (30), no estádio Lusail, pela terceira rodada do Grupo C da Copa do Mundo, com gols de Martín e Chávez, mas ficou fora das oitavas de final da competição por ter um gol a menos de saldo que a Polônia. As duas seleções empataram em pontos, com quatro cada.

A primeira colocada da chave foi a Argentina, que venceu a seleção polonesa por 2 a 0 e chegou a seis pontos. Polônia e México somaram quatro, já a Arábia Saudita ficou na lanterna, com três. A seleção argentina enfrenta a Austrália nas oitavas, enquanto a Polônia pega a França.

A emoção tomou conta dos minutos finais de ambas as partidas, já que um gol do México ou da Argentina seria o bastante para a classificação dos mexicanos, que tiveram dois gols anulados na segunda etapa.

O jogo

O México começou o jogo melhor e quase abriu o placar logo aos dois minutos. O atacante Vega saiu cara a cara com o goleiro Al-Owais, que levou a melhor sobre o mexicano. Aos 12, a Arábia Saudita respondeu, de falta, com Kanno. A bola passou a centímetros da trave de Ochoa.

Com maior controle da posse de bola, o México levou perigo novamente aos 24 minutos, quando Pineda finalizou de dentro da área, mas, novamente, o goleiro levou a melhor. Jogando no contra-ataque, os sauditas novamente passaram perto do gol de Ochoa, aos 50, em boa cabeçada de Al-Hassan, mas o placar seguiu zerado ao intervalo.

Já na segunda etapa, os mexicanos voltaram avassaladores e marcaram dois gols em seis minutos. Aos dois, Henry Martín aproveitou desvio na primeira trave após cobrança de escanteio e empurrou para as redes da pequena área. Aos seis, Luis Chávez cobrou falta com perfeição, no ângulo esquerdo, e ampliou. Aos 10, Lozano chegou a ampliar, mas o atacante Martín estava impedido na jogada.

Simultaneamente, a Argentina ia vencendo a Polônia por 2 a 0, o que igualava poloneses e mexicanos em quase todos os critérios de desempate, menos no número de cartões tomados, com sete para o México e quatro para a Polônia. Em busca da classificação, os mexicanos foram para cima dos sauditas.

Aos 27, novamente o volante Luis Chávez cobrou falta muito perigosa, com direção do ângulo, mas dessa vez, o goleiro saudita conseguiu buscar. Até o minuto 35, o México teve pelo menos mais três chances muito perigosas e, aos 41, marcou com Antuna, que estava impedido.

O maior anticlímax para a seleção do México veio a um minuto do fim do jogo. Aos 49, Salem Al-Dawsari tabelou no ataque, saiu cara a cara com Ochoa e apenas finalizou no canto. 2 a 1 para o México, que foi eliminado da Copa do Mundo. Emoção até o fim.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS:

video
play-rounded-fill

Destaque 3

Militares dizem que quem não seguir disciplina em Colégio Militar que procure outra escola

Publicado

em

Depois do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram, de forma conjunta, que os Colégios Militares do Acre não podem intervir no comportamento e definir padrões estéticos para os alunos, a Associação dos Militares do Acre (AMEAC) publicou uma nota onde declara apoio a metodologia das instituições de ensino.

No documento, divulgado nas redes sociais, a associação afirma que os colégios militares são exemplo de sucesso de ensino e tem se destacado entre as instituições de ensino no estado e no Brasil, sua metodologia e regimento próprio garantiu notas acima da média nacional no IDEB, e a maior nota dentre as demais instituições de ensino do Estado.

Na nota, a AMEAC relembra ainda as conquistas na área do ensino e do esporte. “Esses motivos leva a nos posicionarmos em apoio aos Colégios Militares para que o nosso povo possa seguir contando com o sucesso pedagógico, afinal em time que está ganhando não se mexe, a não ser que o desejo dos que almejam alterar seja o insucesso”, diz a instituição.

No final da nota, a Associação dos Militares, diz que quem discorda da disciplina pode escolher outra unidade de ensino. “Quem não desejar sujeitar-se à disciplina castrense tem centenas de outras opções, dentro das inúmeras renomadas instituições de ensino do Estado”, diz.

Continuar lendo

Destaque 3

Portaria do MJ obriga cadastramento de armas a partir desta quarta, 1º de fevereiro

Publicado

em

Publicada nesta quarta-feira (1) no Diário Oficial da União, a portaria 299 do Ministério da Justiça e Segurança Pública dispõe sobre o cadastro de armas no Sistema Nacional de Armas (Sinarm) a partir deste mês de fevereiro e em até 60 dias.

“A partir de 1º de fevereiro de 2023, todas as armas de uso permitido e de uso restrito após a edição do Decreto nº 9.785, de 7 de maio de 2019, serão cadastradas no Sistema Nacional de Armas – Sinarm, em meio eletrônico disponibilizado pela Polícia Federal, ainda que já registradas em outros sistemas, nos termos do art. 2º do Decreto nº 11.366, de 1º de janeiro de 2023”, diz o artigo 1º da portaria.

Segundo a medida, o cadastro não deve ser confundido com a comprovação de requisitos para obtenção de posse ou porte de arma, nem com o cumprimento de outras medidas previstas na Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003.

O não cadastramento das armas sujeitará o proprietário à apreensão do respectivo armamento por infração administrativa e o deixará sujeito à apuração de responsabilidade pelo cometimento de irregularidades.

Continuar lendo

Destaque 3

Divulgado o resultado preliminar das provas do concurso de servidores do TRT-14

Publicado

em

O resultado preliminar das provas do concurso para servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (RO/AC) foi divulgado nesta terça-feira (31/01) no Diário Oficial da União. Os candidatos que fizeram as provas objetivas e discursivas do TRT-14 em dezembro de 2022 poderão verificar seus resultados no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), banca organizadora do concurso.

>> Acesse o resultado preliminar:  https://www.concursosfcc.com.br/concursos/trt14122/index.html

O certame contou com mais de 15 mil inscritos, e visa o provimento de cargos de técnico judiciário (nível médio) e analista (nível superior). O prazo para a interposição de recurso é de dois dias úteis subsequentes à publicação do resultado e pode ser feito, exclusivamente, por meio do endereço eletrônico da banca organizadora, conforme instruções constantes na página do Concurso Público.

As respostas dos recursos serão levadas ao conhecimento dos candidatos por meio da FCC, não tendo qualquer caráter didático, e ficarão disponíveis pelo prazo de sete dias. Vale destacar que a vista da folha de respostas das provas objetivas e discursivas estará disponível durante o período recursal no site da FCC.

Os cargos constantes de nível superior para possível preenchimento são: Analista Judiciário – Área Judiciária (graduação em Direito), Analista Judiciário – Área Administrativa (graduação em qualquer área), Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação (graduação em Informática ou em qualquer outro curso superior, acrescido de curso de pós-graduação na área de informática) e para Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador (graduação em Direito). Com exceção deste último, cuja remuneração inicial é de R$14.271,70 (incluída a GAE – Gratificação de Atividade Externa), a remuneração inicial dos demais cargos de analista é de R$12.455,30.

Quanto aos cargos de nível médio, as oportunidades são para Técnico Judiciário – Área Administrativa, que exige apenas o ensino médio completo, e para Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação, que é a única vaga imediata e que exige, além do ensino médio, curso de programação com no mínimo 120 horas/aula ou ter concluído curso técnico na área de informática. Ambos os cargos possuem remuneração inicial de R$ 7.591,37.

A validade do certame é de dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período, a critério do TRT-14. As inscrições para o certame foram realizadas no período de 3 a 27 de outubro de 2022. É ofertada uma vaga imediata e formação de cadastro de reserva para outras que surgirem ou forem criadas no prazo de validade do certame.

Continuar lendo

Destaque 3

Tchê é exonerado da Produção para que possa ser empossado como deputado estadual

Publicado

em

O governador Gladson Cameli publicou na edição desta terça-feira, 31, a exoneração do Secretário de Produção e Agronegócio (Seprod), Luis Tchê.

A saída do deputado pedetista é provisória e só deve durar, no máximo, dois dias. A exoneração, a pedido do próprio Tchê, tem como justificativa a posse para mais um mandato de deputado estadual, que ocorre nesta quarta-feira, dia 1º de fevereiro. Tchê foi reeleito na eleição de outubro do ano passado para com 7.390 votos.

O parlamentar toma posse, participa da eleição da mesa diretora que ocorre no mesmo dia, e deve pedir afastamento do mandato no dia seguinte e retornar ao comando da produção acreana. Sua vaga, enquanto estiver como secretário de estado, vai ser ocupada pelo seu suplente, Marcus Cavalcante, também do PDT.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.