Conecte-se agora

Gerente do aeródromo de Porto Walter diz que aviões pousam e decolam dentro das normas

Publicado

em

A responsável pelo aeródromo de Porto Wálter, Cleide Silva, afirmou jamais ter presenciado pilotos desembarcarem aparentando estar sob efeito álcool ou que aviões decolem ou pousem com excesso de passageiros.

As denúncias acima constam em informações repassadas ao ac24horas por pessoas que fazem viagens frequentes para os municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. Segundo os relatos, as aeronaves que operam na região voam com excesso de peso e não oferecem condições de segurança.

Passageiros afirmam, sem citar a que empresas pertencem, que alguns aviões trafegam com bancos soltos e cintos de segurança improvisados com cordas. Em um dos relatos, um dos viajantes diz que o piloto pediu os pesos dos passageiros, somou e disse que voava com “sobrepeso”.

“Último voo o cara pegou um papel e começou a pedir nossos pesos, aí quando somou no celular ele disse que estava arriscando a vida dele, que estava voando em sobrepeso e que já tinha falado pro pessoal da empresa que era pra por balanças pras bagagens e pessoas”, disse.

A gerente do aeródromo de Porto Walter diz que não cabe a ela fiscalizar as condições estruturais das aeronaves, o que a impede de confirmar ou negar o que está sendo denunciado. Quanto ao que ela afirma ter a condição de observar, garante que não há problemas que possa relatar.

“A mim não compete fiscalizar dentro da aeronave, mas nas vezes em que viajei, no avião havia cinto de segurança e não havia problemas com as cadeiras. Não vou dizer que é verdade ou mentira o que está sendo dito, mas nunca presenciei nada desse tipo. Se presenciais, eu seria a primeira a ficar do lado da população”, afirmou.

Sobre o possível excesso de peso nas aeronaves, a gerente afirmou que não há no aeródromo controle de peso de passageiros e bagagens. Ela diz que nunca presenciou passageiros com muita bagagem e que nesse ponto é necessário que haja consciência de quem viaja com relação ao porte dos aviões.

“Geralmente a bagagem do passageiro é uma mala de viagem pequena. Eu nunca presenciei nem um passageiro com muita bagagem, aqui é um aeródromo de pequeno porte, na minha opinião cada passageiro tem que ser consciente que as aeronaves que operam aqui são de pequeno porte, então nunca vi muita bagagem a serem embarcadas não, apenas maletas bolsas pequenas”, garantiu.

Cleide Silva, que também é vereadora na cidade, aproveitou para informar que as condições de operação do aeródromo da cidade são muito boas e que não há ocorrência de problemas, como buracos na pista de pouso.

“Todos os dias eu e os demais funcionários andamos em toda pista 3 vezes por dia pra ver se tem algo errado”.

Na rede

Motociclista bate em animal e morre na BR-364

Publicado

em

Na madrugada deste domingo, 29, na BR-364 entre as ponte do Rio Croa e do Rio Lagoinha, na zona rural de Cruzeiro do Sul, Elivanildo Claudino de Souza, morreu depois de bater a moto que guiava em um animal na estrada.

Segundo a Polícia Militar Elivanildo, que pode ter bebido antes do acidente, levava um amigo na garupa da moto. O garupeiro não soube dizer em que animal o homem bateu.

Este é o terceiro acidente com vítima fatal este ano em Cruzeiro do Sul. O primeiro aconteceu no dia 9 de janeiro, quando Antônio José Lima Silva, 26 anos, bateu na frente de uma caminhonete no cruzamento das ruas Rego Barros e Paraíba, no bairro Escola Técnica. Ele chegou a ser socorrido em estado grave por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, mas morreu horas depois no Hospital do Juruá.

Na sexta feira, 27,Leonardo Monteiro da Costa, 30 anos, morador do município de Mâncio Lima, morreu no Hospital do Juruá. Ele sofreu um acidente, na moto que guiava, na Rodovia AC-405 que liga Cruzeiro do Sul a Mâncio Lima.

De acordo com a Pm e testemunhas, ele fazia manobras a pista, tentou ultrapassar uma caminhonete e colidiu contra o carro que vinha em direção oposta.

10 morreram no trânsito em 2022

Em janeiro do ano passado 27 acidentes foram registrados em Cruzeiro do Sul, com 27 vítimas, sendo que 3 morreram. Durante todo o ano passado, 10 pessoas perderam a vida em acidentes no município. No ano anterior, 2021, haviam sido 6 mortos no trânsito de Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo

Na rede

COPS vai lançar Processo Seletivo Simplificado em Cruzeiro do Sul em fevereiro

Publicado

em

A Empresa Cruzeirense de Obras Públicas-ECOPS, criada pela prefeitura de Cruzeiro do Sul no final de dezembro, vai lançar neste início de fevereiro, um Processo Seletivo Simplificado para contratar profissionais para atuar em obras e na limpeza pública do município.

O objetivo, segundo o prefeito Zequinha Lima, é resolver situações como a destinação e tratamento de resíduos sólidos e fortalecer frentes de serviço do município. ” A empresa trará emprego para a população, de forma transparente e absolutamente legal, sob fiscalização de todos os órgãos de controle, externos e internos”, ressalta

O diretor da ECOPS, ex-vereador Elter Nóbrega, afirma que a empresa vai garantir serviços de qualidade e com baixo custo. “Com essa empresa pública para prestação de serviços de obras, urbanismo e limpeza pública, Cruzeiro do Sul segue o exemplo de cidades modernas e eficientes. Assim vamos economizar e melhorar a prestação de serviço ao cidadão”, pontua.

ECOPS

O capital social da ECOPS é do município de Cruzeiro do Sul e a empresa não tem finalidade lucrativa.

Segundo o Procurador Geral do Município, Raphael Sanson, na capital, Rio Branco, há vários exemplos de empresas públicas, que prestam serviços para a população.

” Em Rio Branco há décadas existem a Empresa Municipal de Urbanização – EMURB, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito – RBTrans, o Instituto de Previdência do Município de Rio Branco – RBPrev, o Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco – SAERB, entre outras. São empresas que fortalecem e modernizam a gestão municipal, conclui ele.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul registra segundo acidente de trânsito com vítima fatal deste ano

Publicado

em

Morreu na Unidade de Terapia Intensiva- UTI do no hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, na madrugada deste sábado, 28,Leonardo Monteiro da Costa, 30 anos, morador do município de Mâncio Lima. Ele sofreu um acidente, na moto que guiava, na Rodovia AC-405 que liga Cruzeiro do Sul a Mâncio Lima, na noite de sexta-feira e ficou em estado grave.

De acordo com testemunhas, ele tentou ultrapassar uma caminhonete e colidiu contra o carro que vinha em direção oposta.

Segundo o comandante da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul, capitão Silva Lima, o motorista do veículo contou que Leonardo fazia manobras na estrada e que tentou desviar dele mas não conseguiu.

” O condutor da moto segundo o motorista, fazia zigue-zague na pista e ele não conseguiu desviar” , citou o oficial.

Este é o segundo acidente com vítima fatal em Cruzeiro do Sul este ano. O primeiro aconteceu no dia 9 de janeiro, quando Antônio José Lima Silva, 26 anos, bateu na frente de uma caminhonete no cruzamento das ruas Rego Barros e Paraíba, no bairro Escola Técnica. Ele chegou a ser socorrido em estado grave por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, mas morreu horas depois no Hospital do Juruá.

O motorista da caminhonete permaneceu no local da batida, prestou assistência e fez o teste do bafômetro, que deu negativo.

10 morreram no trânsito em 2022

Em janeiro do ano passado 27 acidentes foram registrados em Cruzeiro do Sul, com 27 vítimas, sendo que 3 morreram. Durante todo o ano passado, 10 pessoas perderam a vida em acidentes no município. No ano anterior, 2021, haviam sido 6 mortos no trânsito de Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo

Na rede

Empresário de Cruzeiro do Sul é preso recebendo dinheiro falso pelos Correios

Publicado

em

Um Empresário de 27 anos, que não teve o nome revelado, foi preso em flagrante nesta sexta-feira, 27, no Bairro da Cohab, em Cruzeiro do Sul, pela Polícia Federal quando recebia em casa, pelos Correios, notas falsas de dinheiro.

Na encomenda estavam 10 notas de R$ 100, somando R$ 1 mil. Segundo a Polícia Federal, o homem pode ter recebido outras encomendas com valores em moeda falsa.

Por se tratar de crime inafiançável, o empresário vai para o Presídio Manoel Nery . O fornecedor dele também será investigado.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.