Menu

Troca de tiros entre faccionados termina com um morto e dois feridos na Baixada da Sobral

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

William Borges Soares, de 29 anos, vulgo “Tanaka” foi morto e mais duas pessoas identificadas como Antônio Railan Mendonça Ferreira, de 26 anos e Gleison Roberto do Carmo, de 21 anos, ficaram feridos a tiros na tarde desta quarta-feira, 23, após um ataque de uma organização em uma residência situada na rua 27 de julho, no bairro Plácido de Castro, na região da Baixada da Sobral.


De acordo com informações da polícia, William, Antônio Railan, Gleison e uma outra pessoa, estavam em uma casa na rua 27 de julho, quando quatro membros de uma facção chegaram no local em um veículo modelo Ônix, de cor branca e em posse de armas de fogo, invadiram a residência já efetuando mais 30 tiros.


Durante a ação, houve troca de tiros entre os faccionados e William foi ferido e caiu no quintal da residência. Já Gleison ficou ferido com um tiro no braço e conseguiu correr e pedir ajuda na casa de um morador. Antônio Railan recebeu um tiro no abdômen e mesmo ferido ainda conseguiu correr até a rua Tabosa, no bairro João Paulo II, e pediu ajuda na sua residência. Os autores do crimes fugiram do local.

Publicidade


Duas ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionadas, mas quando os paramédicos chegaram ao local,  William já se encontrava morto. Foi prestado os primeiros atendimentos a Gleison e Antônio Railan que foram encaminhados ao Pronto-Socorro de Rio Branco. Segundo os paramédicos do SAMU, Gleison sofreu uma fratura no braço em que pegou o projétil e seu estado de saúde é estável. Já Antônio Railan, que recebeu um tiro no abdômen, deu entrada no hospital em estado de saúde grave e foi encaminhado direto pro centro cirúrgico.


O corpo de William foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.


Durante patrulhamento na região da Baixada da Sobral um jovem identificado como Fernando que estava envolvido na troca de tiros entre os faccionados foi preso na rua Juricaba próximo a um posto de saúde. O criminoso ainda tentou se desfazer de uma arma de fogo, mas os policiais a encontraram.



Policiais Militares estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos do perito em criminalística. Na casa aonde ocorreu a troca de tiros, foram encontradas 32 cápsulas de pistolas e drogas.


Diante dos fatos foi dada a voz de prisão e Fernando foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla) pra os devidos procedimentos. O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE), da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido