Conecte-se agora

Maior corredor de rua do Acre treinava de coturno e cortava travas do kichute para virar tênis

Publicado

em

Quem viveu os anos 60 e 70 em Rio Branco sabe: nunca houve corredor de rua melhor do que Floriano, um soldado do Exército Brasileiro que serviu na 4ª Companhia de Fronteira – hoje 14° Bis. Franzino e de boa forma física, deixou muita gente comendo poeira durante a famosa corrida Coronel Sebastião Dantas, a principal da cidade.

Pelo rádio, o povo torcia e na rua balançava bandeiras em homenagem ao grande campeão que participava anualmente do maior evento esportivo do Acre. Velhos e bons tempos que são revividos por Floriano Sebastião da Costa, que hoje, aos 80 anos de idade, ainda corre recreativamente.

Nesta quinta-feira, 10, mestre Floriano esteve no Bar do Vaz, onde relembrou os tempos de glória que viveu. E fez uma revelação: treinava de coturno e durante as corridas usava o velho e durável Kichute, que quando removida as travas, era o que mais se aproximava de um tênis.

Ele guarda as melhores lembranças e histórias que retomam o quanto o Acre era gostoso. No momento, segue a vida ensinando a formar novos talentos na Praça do Juventus. “No começo eu treinava era de coturno mesmo. Não existia tênis para corrida, não tinha preparação especial. Me dedicava sozinho, ia treinar sozinho, para aprender como correr”.

Sua última competição profissional foi em 2016, em Curitiba. Atualmente, corre apenas para mante a saúde, mas está todos os dias na ativa. “Sinto saudade daquele tempo. A liberdade que a gente tinha de andar na rua sem preocupação”, relembrou.

Apesar de ter aposentado os tênis de corrida, Floriano segue atuando, mesmo que indiretamente. É que ele ensina jovens carentes a aprender e se dedicar ao esporte, com ênfase no atletismo. A ideia é descobrir novos talentos a partir dos 14 anos. “Vou aplicando devagarinho para cada coisa. Hoje, os atletas treinam, treinam, e ninguém ajuda. Ninguém ajuda ninguém mais”.

Assista a entrevista:

video
play-rounded-fill

Acre 01

Com gasto de R$ 3,5 milhões, Bocalom vai uniformizar crianças de Rio Branco com farda azul

Publicado

em

Na manhã desta segunda-feira, 5, na sede da prefeitura, o prefeito Tião Bocalom (Progressistas), realizou a cerimônia de apresentação dos novos uniformes das escolas municipais, que serão distribuídos para alunos da rede pública a partir de 2023.

De acordo com a gestão municipal, os Os kits serão compostos por duas camisas, uma calça e um short para os meninos e para as meninas serão duas camisas, um short saia e uma calça. Ao todo, serão mais de 22 mil alunos que serão beneficiados com os kits da prefeitura – na cor azul com branco.

Contente com o trabalho da equipe, Bocalom garantiu que a iniciativa fomenta a geração de emprego. “O mais importante de tudo é que a gente vai gerar emprego local, são mais de R$ 3 milhões que a gente vai gastar com esses uniformes”, declarou.

A secretária de educação de Rio Branco, Nabiha Bestene, afirmou que a prefeitura vai produzir até 25 mil alunos, pagos com R$3,5 milhões de recursos próprios. O kit será entregue em 81 unidades escolares e 14 anexos da capital.

Continuar lendo

Extra Total

Croácia bate Japão nos pênaltis, avança às quartas e pode pegar o Brasil

Publicado

em

Por

A Croácia se classificou às quartas de final da Copa do Mundo e pode entrar no caminho da seleção brasileira. Nesta segunda-feira (5), os croatas bateram o Japão nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, e carimbaram a vaga na próxima fase do Mundial.

A seleção croata agora aguarda o vencedor do confronto entre Brasil e Coreia do Sul para saber quem será seu adversário nas quartas. O duelo da Canarinho contra os sul-coreanos acontece ainda nesta segunda.

O jogo

O primeiro tempo foi marcado por muito equilíbrio entre as duas equipes, que foram a campo com propostas diferentes. A Croácia se lançou ao ataque, manteve a posse de bola e pressionou o Japão, que jogou recuado na maior parte do tempo, mas mostrou muita eficiência nas saídas de bola, com toques precisos, de pé em pé.

O duelo tático não foi dos mais empolgantes, mas teve um vencedor na primeira etapa. Aos 42 minutos, após jogada trabalhada em escanteio pela direita, Doan cruzou para a área, a bola desviou em Yoshida, e Maeda completou para o fundo do gol.

A Croácia, no entanto, superou a dificuldade que teve para converter as chances criadas em gols logo no início da segunda etapa. Aos nove, Lovren cruzou da intermediária, e Perisic desviou de cabeça para deixar tudo igual.

O Japão sentiu o gol, e a Croácia aproveitou o momento de superioridade para tentar virar. Aos 17, Modric mandou uma bomba da entrada da área e obrigou Gonda a fazer grande defesa. Já aos 20, em jogada muito parecida com a que culminou no gol de empate, Budimir cabeceou para fora.

A seleção japonesa conseguiu se segurar bem, mas praticamente não ofereceu mais perigo. Já os croatas mantiveram o domínio, mas desaceleraram na reta final, e o jogo foi para a prorrogação.

A primeira etapa teve a mesma tônica do tempo regulamentar. A Croácia dominou as ações do jogo, e o Japão tentou tirar o zero do placar no contra-ataque. A melhor chance foi da seleção japonesa. Aos 14 minutos, Mitoma arrancou do campo defensivo até a entrada da área e mandou uma bomba para grande defesa de Livakovic.

O desgaste físico ofuscou o desempenho das duas seleções no segundo tempo, e a partida ficou truncada, sem grandes chances de gol. Com a manutenção do empate, a vaga para as quartas de final foi decidida nos pênaltis. Os japoneses erraram três cobranças, e os croatas apenas uma, garantindo a classificação.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS:

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Na rede

Bêbado, servidor terceirizado da Ufac é preso dirigindo carro oficial com duas menores em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O servidor terceirizado da Universidade Federal do Acre (Ufac), Agailton Negreiros, de 52 anos, foi preso no último sábado, 3, em Cruzeiro do Sul pela Polícia Militar ao ser flagrado dirigindo um carro oficial do Campus Floresta, sob efeito de bebida alcoólica e com duas menores, uma de 13 e outra de 15 anos de idade no veículo.

O homem foi denunciado de forma anônima e a Polícia Militar o localizou na Avenida 25 de Agosto. Para a polícia, as meninas contaram que ele havia oferecido carona e lanche para que elas entrassem no carro e que não conheciam o indivíduo.

O teste do bafômetro mostrou que havia 0,66 mg/l no organismo de Agailton, que recebeu voz de prisão por dirigir sob a influência de álcool. A PM o conduziu à Delegacia Geral de Cruzeiro do Sul para onde as menores também foram levadas e o Conselho Tutelar foi acionado.

Em Nota, a Ufac explica que Agailton não é servidor efetivo da universidade, mas colaborador terceirizado, ligado à empresa responsável pelo contrato de transporte. A instituição relata que o homem teve acesso à garagem do Campus Floresta, sem autorização institucional, e utilizou um veículo oficial para fins particulares.

Ainda segundo a instituição, ele foi afastado preventivamente da função ainda na noite de domingo, 4, até a total apuração dos fatos junto à empresa responsável.

“A Ufac não compactua com o mal uso dos bens públicos e mantém o comprometimento com a excelente gestão pública e o respeito às leis, tratando com rigor qualquer comportamento irregular”, diz a nota.

Continuar lendo

Na rede

Trio é preso transportando mais de 10 kg de drogas na BR-364 entre Cruzeiro do Sul e Rio Branco

Publicado

em

O casal Lucas Luposo e Amanda da Silva Costa, que estava na companhia de outro homem, ainda não identificado, foram presos na madrugada deste domingo, 4, na BR-364, quando levavam quase 10 quilos de cocaína e maconha, de Cruzeiro do Sul para Rio Branco.

A ação foi das guarnições dos grupos Tático e de Policiamento com Cães do 7º Batalhão da Polícia Militar de Tarauacá, que já tinham informações de que um casal estaria traficando entorpecentes com a ajuda de um “batedor”, que seguia na frente na tentativa de garantir o sucesso do transporte da droga.

Os policiais interceptaram o trio e, com o auxílio de um cão farejador, localizaram 5 quilos de cocaína e 4,5 quilos de maconha. Os três receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia de Tarauacá.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.