Conecte-se agora

O Belo Adormecido

Publicado

em

Num reino não muito distante, repousava um Belo Adormecido que encantava a todos por onde passava porque achava-se com o poder de definir a sorte de cada um em seu reino. Para que ninguém o desafiasse em estatura, Belo Adormecido cercava-se de anões.

De vez em quando, Belo Adormecido despertava do sono profundo para observar o cenário e avaliar a conveniência de dar ou não o ar de sua abençoada graça.

Certo dia, um príncipe jovem o chamou para somar forças com o objetivo de encontrarem novamente o caminho perdido até o Palácio dos Sonhos.

O convite soou como uma agressão, pois Belo Adormecido impunha que o príncipe esperasse por sua boa vontade e decisão. Não menos birrento, o príncipe deu-lhe as costas e seguiu sozinho o seu caminho.

Restou ao Belo Adormecido a companhia do seu anão Dengoso (todo personagem bizarro que se preze tem que ter um anão), a companhia para seus devaneios.

Por um instante, Belo Adormecido deixou seu sono de beleza e foi de porta em porta a vender maravilhas, convencido da fidelidade e reconhecimento dos seus súditos, afinal eles lhe deviam isso.

Ocorre que Belo Adormecido não exercia mais o mesmo fascínio. Nem mesmo com todo encantamento e maquiagem produzidos por sua velha e ultrapassada companhia de bruxos, outrora tidos como imbatíveis é insubstituíveis.

Mesmo após uma reprovação humilhante, Belo Adormecido não perdeu uma única noite de sono para fazer uma reflexão.

Um dia, o rei se casou, deu uma festa de arromba, e Belo Adormecido foi esquecido e nem assim a lenda de que sua influência junto à sua majestade para interceder pelo bem-estar dos súditos ingratos que lhe negaram o reconhecimento devido, foi cessada.

Em mais um devaneio, Belo Adormecido espalhou que seria ungido pelo rei para integrar novamente a corte. Nomes em séries estão sendo chamados e nada da carruagem encantada bater à sua porta.

Não por humildade, mas por pura necessidade de sobrevivência, lá foi o Belo Adormecido bater na porta do rei para ver se ainda sobra um espaço.

Saiu de lá com uma fotinha no Instagram. Fez um textinho bonito, mas só. Nada concreto, nenhuma perspectiva.

Belo Adormecido não quer acordar para a realidade. Mas lá no fundo já sabe que o que lhe aguarda é o pesadelo do ostracismo.

Acre

Acre abre 679 novas vagas de trabalho no mês de outubro

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Governo incorpora 237 alunos soldados ao Corpo de Bombeiros

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Basa lança edital de chamada pública da lei de incentivo à cultura

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Identificadas duas linhagens novas do coronavírus no Brasil

Publicado

em

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.